Conversion Hero

Otimizar a experiência das pessoas na página de categorias de seu blog

Este é um Guest-Post criado por Tárcio Zemel, um desenvolvedor de soluções para web. Visite o seu blog Desenvolvimento para Web.

A usabilidade de um blog deve ser algo a se ter como prioridade na elaboração de um projeto e desenvolvimento deste. Prover meios para que aqueles que visitam seu blog sinta-se bem e encontrem o que procuram de forma rápida e objetiva é uma meta que todo desenvolvedor web e/ou administrador de blog ou site deveria ter em mente.

Para tal, conhecer alguns princípios de usabilidade é o caminho. Entretanto, os estudos em usabilidade demandam, no mínimo, meses para se fixarem. Tenha a meta de estudar a respeito; enquanto isso, fique atento à seguinte dica de como otimizar a experiência das pessoas que visitam a páginas de categorias de seu blog.

rubik
Imagem por Caramdir
POR QUE O FOCO NA PÁGINA DE CATEGORIAS?

Muito já foi e é dito no Fique Rico sobre otimização da experiência das pessoas em web sites e blogs. Entretanto, o fato de que as páginas estáticas são parte de um todo maior, que é o próprio blog, geralmente é negligenciado pelos mantenedores do blogs, o que é uma pena.

Os esforços no sentido de aprimoramento da usabilidade de seu blog devem ser uma constante também no que concerne a suas páginas estáticas. Portanto, fique atento a elas e saiba que muito de seu público, sejam por leitores assíduos como por casuais, baseiam seu critério de qualidade do blog também levando em conta as páginas estáticas.

COMO APRIMORAR A USABILIDADE NA PÁGINA DE CATEGORIAS?

Quando alguém visita a página de categorias do blog, na maioria das vezes tem em mente dar uma “passada de olhos” nos artigos que já foram escritos e pertencem à respectiva categoria. O objetivo é somente conhecer os posts (principalmente os mais recentes).

Então, de nada adianta colocar o conteúdo dos artigos nesta página, porque isso não é bom pelo seguinte:

  • A página fica maior, consequentemente mais pesada e demora mais para ser carregada;
  • A extensão da página aumenta, o que interfere no objetivo de “passar os olhos” da pessoa;
  • Devido a seu grande tamanho, a pessoa se frusta em seu objetivo de conhecer os artigos publicados em tal ou qual categoria.

Por isso, o melhor mesmo é exibir, na página de categorias, somente o título do artigo ou, no máximo, o título do artigo com algumas informações a respeito, como data de publicação e quantidade de comentários, por exemplo.

Para se entender bem como se faz isso no WordPress, são precisos alguns estudos mais específicos sobre a plataforma. Com o objetivo de não me estender muito, vou passar uma “receita de bolo” que você pode fazer para não exibir o conteúdo dos artigos na página de categorias de seu blog – aviso que é preciso alguma base em programação PHP ou, pelo menos, coragem para fazer alterações no código, caso não saiba nada.

O conteúdo de um artigo no WordPress é inserido nas páginas através de sua função nativa the_content(). Quando esta tag é identificada no decorrer do script de seu blog, o WordPress “puxa” do banco de dados o conteúdo do artigo, que você digita na caixinha de texto no momento de escrever o artigo.

No WordPress, na pasta do tema que você usa, as categorias podem ser listadas através do arquivo categories.php (que é um arquivo especial para isso) ou, caso este não exista, através do próprio index.php.

Por exemplo, se seu tema não possuir o categories.php, abra com seu editor de códigos (depois de fazer um backup do arquivo, claro) e procure pela função the_content(). Então, você vai “dizer ao WordPress” que só quer que o conteúdo do artigo seja exibido caso não se esteja em uma página de categoria (ou seja, na página inicial de seu blog e no momento de se visualizar o próprio artigo).

Onde está

<?php the_content(‘<span class=”readmore”>’.__(‘Read the rest of this entry &raquo;’,TEMPLATE_DOMAIN).'</span>’); ?>

Substitua por

<?php if (!is_category()) : ?>
<div class=”entry”>
 <?php the_content(‘<span class=”readmore”>’.__(‘Read the rest of this entry &raquo;’,TEMPLATE_DOMAIN).'</span>’); ?>
</div>
<?php endif; ?>

O “if (!is_category())” é interpretado pelo WordPress da seguinte maneira: “Caso não seja uma página de categoria…”. Então a alteração, em seu conjunto, equivale a: “Caso não seja uma página de categoria, exiba o conteúdo do artigo.”

Perceba que, não necessariamente, seu theme terá a função the_content() com os mesmo parâmetros nem haverá a div “entry”; isso varia de tema para tema. Mas o importante é colocar os “condicionais” e limitar a exibição do conteúdo para suas páginas de categorias.

Com isso, como falado, a experiência de seus visitantes ao visitar suas páginas de categorias é otimizada, seu objetivo de passar os olhos nos artigos é atingido e sua idéia a respeito da qualidade do blog, como um todo, fica garantida!

Alguma dúvida? :)

Este é um Guest-Post criado por Tárcio Zemel, um desenvolvedor de soluções para web. Visite o seu blog Desenvolvimento para Web.


Se gostou deste post, considere subscrever o nosso
RSS Feed Completo!
Ou então Subscreva o Fique Rico por Email!

Artigos
Relacionados

Rede Escolas Plus

  • Psicologia

    Artigos sobre Psicologia, Motivação e muito mais, de uma forma prática e simples que lhe permitem melhorar a sua vida pessoal e profissional.

  • Criatividade

    Melhore a sua Criatividade através de tutoriais de desenvolvimento web, webdesign, dicas de inspiração, e muito mais.

  • WordPress

    Torne seu WordPress numa verdadeira máquina com nossos artigos, templates exclusivos, plugins e tutoriais totalmente em português.

  • Freelancer

    Arrisque em sua carreira de Freelancer seguindo nossas estratégias, dicas e recomendações, e leve seu negócio ao sucesso já hoje.

  • Apostas

    Gostava de ganhar dinheiro com seus palpites sobre esportes? Siga nossos tutoriais e dicas sobre como fazer apostas esportivas.