Conversion Hero

Tutorial: Como rentabilizar ao máximo os seus blogs com a Linkworth

Muitos utilizadores aqui do blog já me questionaram inúmeras vezes sobre a possibilidade de criar um tutorial a explicar como funciona a Linkworth. Como ando com a mão quente para os tutoriais, achei que seria efectivamente importante explicar de que forma é possível rentabilizar a fundo um blog, com a simples compra e venda de links nos mercados da Linkworth.
Diga-se de passagem que já inscrevi mais de uma centena de webmasters na Linkworth, mas contam-se pelos dedos aqueles que já conseguiram realizar o rollover de $100 dólares, seja a comprar ou a vender links. Ganhar $100 dólares na Linkworth é na verdade MUITO FÁCIL!

Hoje quero aprofundar mesmo a Linkworth, e para isso vamos analisar passo-a-passo os diferentes menus da plataforma, para que não fique nada por dizer ou alguma dúvida. Ainda assim, se por ventura tiver alguma dúvida não hesite em colocar um comentário no fim do artigo. Terei muito gosto em ajudá-lo a rentabilizar mais eficientemente o seu website ou blog!

Partindo do principio de que já se encontra registado na Linkworth como Partner, vamos analisar como rentabilizar ao máximo os seus blogs. Se ainda não se registou na Linkworth, faça-o agora!

1. MY ACCOUNT
Vamos começar pelo menu ‘My account’. Aqui dentro temos uma série de opções que são importantes e que mais tarde irão reflectir-se nos ciclos de pagamento e no funcionalismo geral da plataforma. O que acontece muito frequentemente é que os blogueiros e webmasters são na sua maioria preguiçosos, não completam as informações pessoais e fiscais, e acabam por não receber os pagamentos a tempo e/ou a terem problemas por falta de anunciantes.

linkworth

Nesta secção o menu mais importante é seguramente o ‘Payment Settings‘ onde o utilizador deverá colocar as suas informações para pagamento. Uma vez que a empresa paga por Paypal, recomenda-se que utilize esta opção, uma vez que é fiável e seguramente mais rápida que qualquer uma das outras disponíveis.

linkworth

O segundo grande pormenor encontra-se no separador ‘Account Type‘, onde é possível escolher entre dois tipos de conta diferentes, com comissões diferentes e regalias diferentes também.
A conta básica tem uma comissão de 70/30, ou seja, sempre que você vender um link no seu blog, recebe 70% do valor e a Linkworth fica com 30% de comissão. Já nas contas ‘Preferred’ as comissão são de 50/50, com a vantagem de que os seus links aparecem listados em destaque e a própria equipa de gestão de vendas da Linkworth dá preferência a este tipo de clientes ‘prioritários’. É uma forma de ‘roubar’ mais 20% de comissão em troca de uma posição de destaque e de um potencial teoricamente mais elevado.

Eu utilizo até ver a conta ‘básica’, uma vez que ainda não tive necessidade de recorrer à conta ‘Preferred’.

2. MY SITES
O menu ‘my sites’ é o espaço onde é possível adicionar sites e blogs à plataforma e mercado da Linkworth. É aqui que muitos webmasters e blogueiros se confundem sobre o que vender, quais os preços e condições a oferecer aos anunciantes. Vamos ver:

linkworth

A primeira caixa de informação é relativamente básica. Sugiro sempre que escreva a descrição do seu projecto em Inglês, uma vez que a grande maioria dos anunciantes são estrangeiros. Procure escrever algo apelativo e que se enquadre minimamente no que o seu blog exerce. Não procure tirar vantagem da descrição enganando os anunciantes, que geralmente esse tipo de táctica corre mal.
Escolha as áreas que melhor correspondem ao seu blog, especifique o número de visitantes mensal e coloque uma nota adicional com um pequeno texto onde refira novamente o número de visitantes e se possível o número de pageviews. É sempre melhor ter informação em excesso do que em falta.

linkworth

Descendo um pouco na página é possível começar a definir quais os tipos de configurações que iremos utilizar na estratégia de comercialização de links. Regra geral não permito a utilização de descrições nos anúncios, sejam eles links de texto ou outros. Também não pretendo esconder o endereço de destino do website e tendo em conta que estamos num mercado extremamente competitivo, utilizar links ‘NoFollow‘ significa menos vendas e menos dinheiro. No entanto volto a alertar para os problemas com o PageRank e o Google.

linkworth

Aqui começam os primeiros problemas com a definição de venda de links de texto. A Linkworth é uma empresa especializada na venda de links e anúncios, e oferece mais do que simples anúncios em link de texto. Eu por regra não gosto de comercializar todo o tipo de ofertas, pelo que resumo a minha oferta aos LinkAds, que são os típicos links de texto comercializados neste tipo de negócio.
No entanto a empresa oferece ainda os LinkSuras e os LinkMuras, sendo que estes presupõe anúncios rotacionais que exigem processamento do servidor. Eles exigem também a colocação de código HTML e Javascript no seu blog, o que por vezes pode tornar o processo mais complicado de executar.

Se não pretende complicar-se em demasia com a venda de links no seu blog, escolha a mesma opção que se encontra na imagem, sendo que fica responsabilizado apenas pela comercialização de LinkAds, ou seja, anúncios em link de texto, simples de colocar na sidebar ou no footer do seu blog.

Depois disso, poderá comercializar links na homepage do seu blog com um preço, e links no site todo com outro preço. Na opção ‘Set Home Page Price‘ defina o preço dos links colocados na homepage do seu blog. Dependendo do volume de visitas do seu blog e do seu pagerank, defina o preço. Para blogs com Pagerank 2 recomendaria um preço a rondar os $10 ou $15 dólares, para blogs com Pagerank 3 sugeria $15 ou $20 dólares, blogs com Pagerank 4 sugeria $25 ou $35 dólares e blogs com Pagerank 5 sugeria entre os $40 e os $60 dólares. O importante neste modelo de negócio não é comercializar muitos links, é ter poucos anunciantes mas que pagam bem.

NOTA: Sempre que um cliente novo estiver interessado em adquirir um link no seu blog, você irá receber um email automático a referir essa situação. Apenas irá necessitar de fazer login no seu blog, aprovar o link, copiar o código e colocá-lo onde bem quiser. Geralmente o código utilizado para as LinkAds é o básico de sempre. Um link com texto âncora específico (especificado pelo cliente) e geralmente sem descrição.

linkworth

A opção seguinte é muito interessante também e aumenta consideravelmente o role de opções no seu blog. Os LinkInTxt são links que são vendidos dentro do conteúdo dos seus artigos e em palavras-chave específicas. Existem anunciantes que procuram páginas em sites e blogs, que tenham um bom Pagerank e acima de tudo que estejam bem posicionadas nos motores de busca. Se essas páginas incluirem palavras-chave que interessem ao anunciante, ele irá contactá-lo para adquirir um link numa palavra específica.

Defina o seu preço base consoante o preço global do seu blog, tal como fizemos em cima. Existem anunciantes com bom poder de compra, interessados em pagar o mesmo valor pelo link dentro de um dos seus artigos.

linkworth

Esta última opção poderá ser rentável em páginas e blogs de nicho, embora não seja recomendável para blogs de bandeira. Estes são anúncios alojados no servidor do seu blog, que ocupam uma página inteira.

3. MY ADS
O menu ‘My Ads’ resume-se basicamente à estatística dos anúncios vendidos dentro do seu website ou blog, onde poderá visualizar os anúncios pendentes, aprovados, cancelados, expirados e também o seu histórico de anunciantes e anúncios. Poderá inclusivamente fazê-lo para os diferentes tipos de links que existem na plataforma, ou seja, os LinkAds, LinkInTxt, LinkSuras, LinkMuras e por ai adiante.

4. MY AFFILIATES
O menu ‘My Affiliates’ é o seu painel de controlo para o programa de afiliados da LinkWorth. Este programa paga $50 dólares por cada utilizador que conseguir colocar na plataforma, e que consiga realizar um rollover de $100 dólares, comprando ou vendendo links. Em média um webmaster ou editor consegue fazer rapidamente bem mais do que $100 dólares, o que torna este produto extremamente atractivo.

Poderá anunciar o programa através de links de texto, banners publicitários, referências, entre outras formas providenciadas pela LinkWorth.
Assim que começar a promover o seu programa de afiliação, poderá consultar o número de registos e entradas no separador ‘signup sales‘, sendo que cada entrada tem um potencial de $50 dólares, caso cumpra os requesitos propostos pela plataforma.

linkworth

Infelizmente e como já referi inúmeras vezes, existem muitos utilizadores que não conseguem cumprir o rollover, ou porque são preguiçosos, ou simplesmente porque nunca mais fizeram login na LinkWorth. Esses webmasters poderiam ser uma fonte de rendimentos para si, e também tornarem-se rapidamente em angariadores de novos clientes, maximizando o potencial de rentabilização dos seus blogs, tanto a vender links, como a recrutar novos membros.

OUTRAS NOTAS
A Linkworth emite os seus pagamentos ao dia 10 de cada mês, sem falhas ou atrasos. O pagamento é imitido automaticamente e sempre que o webmaster atinge o mínimo de payout, definido por ele próprio (ver ponto nº1).
Para maximizar o potencial de venda de links nos seus blogs, sugiro sempre que preencha todas as informações requesitadas na plataforma, tanto sobre si, como sobre os seus websites ou blogs. À medida que for comercializando links, irá ganhando aquilo a que a plataforma chama de ‘LinkRank’ ou seja, a qualidade de venda de links do seu blog. Quanto mais cotado você for no mercado, maior será a probabilidade de conseguir bons negócios.
Aconselho sempre também a adicionar mais do que 1 projecto. Actualmente tenho vários na plataforma e tenho comercializado links de texto em todos eles. Pontualmente surgem na plataforma grandes clientes, como casas de apostas e casinos, com orçamentos muito grandes, e compram links em praticamente todos os clientes que existem na plataforma. Já cheguei a comercializar para o mesmo cliente, links em todos os sites que tinha na plataforma e por preços completamente dispares.
Se por ventura não estiver no mercado, ou for preguiçoso, irá perder estas oportunidades com toda a certeza! :)
Bons negócios e até já!

Se gostou deste post, considere subscrever o nosso RSS Feed Completo!
Ou então Subscreva o Fique Rico por Email!

Artigos
Relacionados

Rede Escolas Plus

  • Psicologia

    Artigos sobre Psicologia, Motivação e muito mais, de uma forma prática e simples que lhe permitem melhorar a sua vida pessoal e profissional.

  • Criatividade

    Melhore a sua Criatividade através de tutoriais de desenvolvimento web, webdesign, dicas de inspiração, e muito mais.

  • WordPress

    Torne seu WordPress numa verdadeira máquina com nossos artigos, templates exclusivos, plugins e tutoriais totalmente em português.

  • Freelancer

    Arrisque em sua carreira de Freelancer seguindo nossas estratégias, dicas e recomendações, e leve seu negócio ao sucesso já hoje.

  • Apostas

    Gostava de ganhar dinheiro com seus palpites sobre esportes? Siga nossos tutoriais e dicas sobre como fazer apostas esportivas.