Conversion Hero

Blogueiro/Freelancer em full-time ou part-time?

Enquanto Blogueiro ou Freelancer, qual será o melhor esquema de trabalho? Trabalhar em Full-Time ou Part-Time? Esta é uma dúvida com que muitos de nós que trabalhamos na internet nos deparamos. Trabalhar como freelancer em part-time e manter um trabalho a full-time é uma boa forma de começar uma carreira. No início de um trabalho na internet é necessário bastante investimento, tanto material como mental. É sabido que ambos os investimentos vão ter que se manter para que o projecto venha por ventura a ter sucesso, mas o retorno financeiro demora algum tempo a ser alcançado. Como tal, manter um emprego a full-time enquanto não existe retorno do part-time é sempre uma boa opção. No entanto, como tudo na vida, existem prós e contras…

COMEÇAR EM REGIME DE PART-TIME

Aquilo que à partida nos parece ser mais viável em termos financeiros, pode não ser o mais fácil de executar. Um blogueiro freelancer a trabalhar em part-time tem que ter uma capacidade extra de gestão de tempo, para que consiga executar todas as tarefas a que será submetido. Se é verdade que um projecto para ter retorno financeiro necessita de algum tempo para maturação, também é verdade que necessita de muito trabalho (considere ler o artigo 10 lições que aprendi com José Mourinho).

SELECTIVIDADE

Um blogueiro, designer, programador ou escritor em part-time precisa de uma disciplina e gestão de prioridades de uma forma muito mais exigente que o mesmo trabalho em full-time o exige. Se é freelancer em tempo parcial não se pode esquecer que o tempo que vai utilizar para este segundo trabalho, é supostamente o tempo livre que tem para si, ou seja, o tempo que sobra do trabalho a full-time que desenvolveu durante o dia. Por isso mesmo, é necessário fazer uma boa selecção de clientes e trabalhos. Ser muito selectivo em relação a pedidos urgentes e trabalhos que exijam muitas reuniões e contacto pessoal pode ser uma boa solução.

Você precisa de clientes que compreendam a sua posição e a respeitem. O seu tempo é limitado, e a vida não é só trabalho. E tal como já escrevi aqui na Escola Dinheiro, a desorganização pessoal e profissional tem por norma consequências físicas, psicológicas, profissionais e sociais.

UTILIZE O EMAIL PREFERENCIALMENTE

Tal como para um profissional a full-time, para um freelancer, o contacto via email facilita e agiliza bastante o seu trabalho. Prepare os seus clientes para essa forma de contacto. O contacto pode ser feito a qualquer hora, em qualquer lugar e quando você tiver tempo para ler e responder. Dessa forma, você vai sentir-se muito mais à vontade em termos de estratégia de gestão de tempo e trabalho, da mesma forma que não terá de lidar com clientes que lhe telefonam em pleno horário de trabalho (o full-time) procurando resolver questões que supostamente você deveria resolver apenas no seu tempo em part-time. Volto a referir que existem várias ferramentas que o podem ajudar na gestão de tempo e projectos, e que devem ser usadas por forma a facilitar-lhe a forma como gere as suas prioridades.

GESTÃO FULL-TIME / PART-TIME

Se o seu empregador tiver conhecimento do seu part-time e for flexível em relação a ele, então, você terá a sua vida facilitada, desde que o trabalho em questão também o permita, claro. Pode acordar com ele uma forma de gestão do tempo de trabalho, para que posso realizar ambos, sem descurar nenhum. Se tiver a possibilidade, combine com ele um horário que lhe proporcione mais tempo de qualidade disponível para os seus projectos paralelos. Por exemplo, se no seu horário usual tem por norma 2 horas para almoçar, e se o consegue fazer apenas em 1 hora, combine com ele fazer uma pausa mais pequena para o almoço e sair uma hora mais cedo. Isto vai proporcionar-lhe mais tempo para se dedicar aos seus projectos em part-time.

O PROBLEMA DA DESVALORIZAÇÃO

Se a sua opção passar por ser blogueiro em full-time, terá com certeza mais tempo para trabalhar nos seus projectos online e colocar todos os seus objectivos em marcha. A gestão de tempo em full-time é relativamente diferente da gestão de dois “empregos”, o que não significa que possa ser descurada. Muitas vezes, quando se começa num trabalho como freelancer cometem-se erros que não o ajudam a chegar ao sucesso.

É necessário que você nunca esqueça o seu objectivo principal dentro do estilo de vida que escolheu para si; e se o seu objectivo é ser bem sucedido, é necessário que você se dedique e trabalhe para o atingir. O facto de se ser autónomo e gestor do próprio tempo poderá levá-lo por vezes a procrastinar ou adiar determinadas tarefas para mais tarde, uma vez que também não terá de lidar com regras e imposições de um patrão, por exemplo.

O grave é que esse sistema é desmotivante e você vai acabar por acumular uma série de coisas que em determinado momento não lhe apetecia fazer, e o mais provável, é que se não apetecia antes, também não lhe vai apetecer mais logo, e aos poucos você irá tornar-se negligente sem ter percepção disso mesmo. A Negligência e o sucesso não combinam. Você provavelmente perde muitas vezes a noção do tempo que passa a navegar na internet, nas redes sociais, nos mensageiros, a conversar com os amigos e obviamente que, mesmo sem dar conta, você está a descurar o trabalho, ou a atrasa-lo, o que faz com que em determinada altura você entre em stress, o trabalho não seja rentável, a desmotivação apareça, e assim sucessivamente, até que você acaba por desistir do projecto, sem nunca entender porque é que alguém teve sucesso a fazer algo tão parecido e você não conseguiu.

Quem opta por esta forma de trabalhar, é exigente consigo próprio e verdadeiramente profissional, tem futuro e acima de tudo qualidade de vida. Tenha em consideração que embora as exigências financeiras no início da sua caminhada sejam complexas e estejam sempre presentes, é necessário que você dê tempo ao tempo, para mais tarde colher os frutos do seu trabalho.

QUAL É A SUA OPINIÃO?

Deixe os seus comentários com a sua opinião. Do seu ponto de vista, o que é melhor? Trabalhar em full-time ou part-time? E quais os processos ideais para chegar até esse estilo de vista? Desistir do trabalho? Tentar trabalhar em ambas as frentes? Comente!

Bom trabalho!

Artigos
Relacionados

Comentários (53) Interações no Twitter (3)

Gostou desse artigo?

Partilhar Comentar

Tweetar Artigo

  • Ezeckyel

    Trabalhar full-time ou part-time, se não houver organização profissional e pessoal, não dá.
    Ótimo artigo. Parabéns.

    28/05/2010

    Responder
    • Olá Ezeckyel!
      Tem toda a razão. Seja qual for a opção de forma de trabalho, e independentemente dos esforços que cada opção acarrete, organização e o profissionalismo são primordiais.
      Obrigado pelo seu comentário.

      28/05/2010 Regina Santana

      Responder
  • Paulo Faustino

    Olá Regina, parabéns por mais um artigo fantástico. Já tive a felicidade (ou não) de trabalhar em praticamente todos os sistemas mencionados no artigo, nomeadamente em part-time juntamente com um emprego full-time, trabalhar como Freelancer e mais tarde trabalhar a full-time enquanto blogueiro. Acredito que são todos eles sistemas complexos e que exigem uma série de condicionantes que considero obrigatórias, nomeadamente:

    - disciplina, muita disciplina;
    - motivação para empreender e atingir objectivos;
    - organização por metas para conquistar passo-a-passo pequenos objectivos;
    - visão de futuro;
    - capacidade de trabalhar muito e de forma eficiente;
    - etc.

    Aquela que considero a razão mais complexa é precisamente a disciplina. É necessário ter-se métodos de trabalho, horários e obviamente que também alguma flexibilidade. Mas sem disciplina, especialmente para aqueles que trabalham a full-time na Internet, como eu, é muito fácil cair na procrastinação e ir adiando tarefas essenciais ou então trocar o trabalho por uma outra qualquer actividade lúdica.

    Só o trabalho, em toda a sua essência, juntamente com a disciplina, cria verdadeiros homens de sucesso.

    Parabéns mais uma vez :D

    28/05/2010

    Responder
    • Olá,

      Exatamente Paulo, falou tudo!

      04/06/2010 Lauro Daniel

      Responder
  • Shirley

    Oi, Regina, parabéns pelo artigo. Eu acho que estou começandoa me enquadrar entre os que estão negligenciando o blog por falta de tempo. Acho que ser blogueiro part-time dá mais traba,ho do que full-time, pois na primeira opção vc precisa se equilibar entre seu blog e outros interesses (falo de trabalho, lógico, outros interesses todos temos o tempo todo), enquanto que full-time vc vai praticamente se dedicar ao blog, pois de outra forma ele vai acabar se perdendo entre tantos fracassados nessa blogosfera maluca. Acho que, no meu caso, é uma questão de organizar meu tempo, escolher um horário só para me dedicar ao blog. O problema é que ainda não consegui separar um tempo para fazer essa organização... rs. Mas em breve conseguirei, tenho certeza! Bjão!

    28/05/2010

    Responder
  • Carlos

    Na minha opinião ser blogueiro (a sério e ter sucesso) em part time exige um esforço tremendo e é para muito poucos, até porque manter um blog de sucesso "não é só" escrever os artigos, é preciso tempo para fazer muitas outras tarefas: toda a parte de monetização, resposta a comentários e emails, pesquisas de mercado, etc.

    E ter paciência e motivação para fazer tudo isto depois de um dia de trabalho...

    Os meus sinceros parabéns a quem o consegue.

    28/05/2010

    Responder
  • Nuno Amaral

    Optimo artigo. Também tem de existir alguma motivação €€

    28/05/2010

    Responder
  • Júnior Gonçalves

    Tenho meus projetos na web há algum tempo mas ainda não me sinto seguro em abandonar meu emprego full-time, porém tenho o privilégio de trabalhar com informática que ajuda muito no crescimento dos meus trabalhos part-time.

    28/05/2010

    Responder
  • João

    Este site foi o empurrão que me faltava para iniciar um projecto que há muito tinha em mente e este artigo está fantástico no sentido de orientação!

    Estou no inicio deste projecto e certamente continuarei a aprender muito aqui na Escola...

    Abraço e apareçam

    29/05/2010

    Responder
  • Lauro Daniel

    Olá amigo Paulo, fico Muito feliz em voltar a participar aqui da Escola, estive um tempo doente e fiquei afastado de tudo.

    Bem, muito bom seu artigo, na minha opinião e o que eu indico a todos que pretendem começar como blogueiros profissionais a partir do "zero" é começar em part-time, e quando conseguir se sustentar com o que ganha com o Blog passar a full-time.

    Grande Abraço;
    Lauro Daniel

    29/05/2010

    Responder
  • Ganhar Dinheiro Pela Internet

    Olá Regina, parabéns pelo post! Acho que trabalhar como freelancer em full-time é o objetivo de muitos, mas alcançado por poucos por exigir muita disciplina e investimento o que nem sempre é realizada, mas de qualquer forma acho que qualquer um pode conseguir! Mais uma vez parabéns!

    Atenciosamente, Lázaro Silva

    30/05/2010

    Responder
  • Jorge Clan

    Opa até que fim o escola abriu aqui no Brasil, só agora por volta de 2:30 da manhã

    31/05/2010

    Responder
  • Breno

    É realmente tem que saber controlar seu tempo, não adianta "por o carro na frente dos bois" já tive experiencia própria , fui muito afobado e ansioso em alguns periodos da minha vida ! Chega atacar a saúde do ser Humano ! Tive uns periodos bastante dificeis devido a ficar full totalmente full msmo que nem um louco tentando conseguir um blog para ter uma renda !

    02/06/2010

    Responder
  • endim mawess

    sou doido por esses artigos sobre free lancer

    04/06/2010

    Responder
  • Adriano Luz

    Regina,

    Muito boa a analise que voce fez. Logico que o ideal é trabalharmos em full-time, mais a realidade da grande maioria dos blogueiros é trabalhar somente em part-time, o que dificulta muito conseguir se destacar entre os demais.

    Parabéns pelo post
    Adriano Luz

    06/06/2010

    Responder
  • Marcos Elias

    É, não é fácil controlar o tempo... Tem que ter dedicação e disciplina. Num cenário onde "você é seu próprio chefe" você tem que controlar horários, separar trabalho de diversão, tomar cuidado com o tempo perdido...

    Uma vez que está online é fácil perder tempo com vídeos, redes sociais, leitura de coisas não tão úteis ao trabalho...

    Tem que se imaginar num escritório com regras, cumpri-las para depois aproveitar seu tempo livre para suas atividades pessoais.

    Senão... O site não rende, o stress pega e tudo pode ir por água baixo.

    Ótimo artigo, mostra bem essa visão para quem está na dúvida, e serve como alerta para quem fica perdendo tempo. Diversão é bom, mas ganhar mais dinheiro é melhor ainda, já que proporciona e patrocina mais diversão :)

    13/06/2010

    Responder
  • endim mawess

    minha segunda leitura, gosto de ler aqui no site mesmo pra dar uma força no numero de acessos, este post só está perdedndo para aquela entrevista que já assisti n vezes.

    14/06/2010

    Responder
  • gadarf

    Eu, por hora, mantenho apenas um blog apenas como um passa tempo, mas creio que se dedicar tempo integral traga mais reultados.

    21/06/2010

    Responder
  • Gabriel de Figueiredo Corrêa

    Belíssimo artigo. Eu me enquandro no perfil part-time pois tenho que ter uma fonte de renda segura para sobreviver. Sempre separo um tempo para pesquisar e melhorar o meu blog, e com a ajuda do escola de ganhar dinheiro ao poucos estou atingindo os meus objetivos. Parabéns !!!

    26/06/2010

    Responder
  • internetador

    "O facto de se ser autónomo e gestor do próprio tempo poderá levá-lo por vezes a procrastinar ou adiar determinadas tarefas para mais tarde, uma vez que também não terá de lidar com regras e imposições de um patrão"

    Disciplina é fundamental, mas díficil de manter por longo tempo...

    12/07/2010

    Responder
  • Karollyne Morais

    Oi Regina... ótimo artigo!
    O meu caso foi um pouco diferente...surtei com a minha chefe e sai do emprego. Fiquei um ano fora do mercado, o que me desmotivou bastante! Nesse período, descobri que estava grávida.
    Durante o período de licença descobri esse fantástico universo que é a blogosfera! Hoje estou muito empolgada com o meu empreendimento virtual e espero alcançar o sucesso!
    Viva a liberdade!

    22/04/2012

    Responder

Deixe seu comentário

Seu Gravatar

Para você partcipar dessa lista tem de estar cadastrado no Twitter. Cadastre-se agora!

Rede Escolas Plus

  • Psicologia

    Artigos sobre Psicologia, Motivação e muito mais, de uma forma prática e simples que lhe permitem melhorar a sua vida pessoal e profissional.

  • Criatividade

    Melhore a sua Criatividade através de tutoriais de desenvolvimento web, webdesign, dicas de inspiração, e muito mais.

  • WordPress

    Torne seu WordPress numa verdadeira máquina com nossos artigos, templates exclusivos, plugins e tutoriais totalmente em português.

  • Freelancer

    Arrisque em sua carreira de Freelancer seguindo nossas estratégias, dicas e recomendações, e leve seu negócio ao sucesso já hoje.

  • Apostas

    Gostava de ganhar dinheiro com seus palpites sobre esportes? Siga nossos tutoriais e dicas sobre como fazer apostas esportivas.

Subscribe to our mailing list

* indicates required Primeiro Nome * Endereço de Email *