WiNNER

10 passos a utilizar antes de publicar um artigo!

Recentemente quando falámos das 12 dicas para gerar ideias e escrever artigos mais facilmente, o colega Anderson Chipak do blog Programa-de-Afiliados pediu-nos para escrevermos uma matéria sobre quais os procedimentos para escrever e publicar um artigo. A ideia pode parecer simples, mas na verdade escrever e publicar um artigo é um processo exigente e que normalmente requer alguma metodologia, caso contrário o seu blog irá perder facilmente o seu estilo. Marcar um estilo e uma dinâmica é fundamental não só para você sobressair sobre a sua concorrência, mas também para o ajudar a criar métodos de trabalho que realmente funcionam e apresentam resultados positivos.

Para quem nos acompanha há algum tempo, com a criação de novos projetos como a Escola Psicologia, Escola WordPress, Escola Freelancer e a Escola Criatividade, os nossos métodos de trabalho tiveram de passar de um formato mais simples e básico, para algo que pudesse ser facilmente aplicado em todos os blogs em simultâneo, mantendo uma elevada integridade visual e estrutural. Para nós a qualidade dos conteúdos e o formato dos mesmos é o ponto mais importante de toda a equação. Por isso mesmo, vamos indicar-lhe os 10 passos a utilizar antes de publicar um artigo. Estes são os passos que consideramos fundamentais para publicar um artigo de grande qualidade.

1. UM TÍTULO ATRATIVO/INTELIGENTE

Embora se costume dizer que você não deve escrever para os motores de busca, mas sim para os seus leitores, a verdade é que existem pequenos truques que fazem toda a diferença no que diz respeito ao tráfego orgânico vindo dos buscadores. O título deste artigo é um bom exemplo disso. Imaginemos que em vez de utilizamos o título 15 passos a utilizar antes de publicar um artigo!, tínhamos utilizado 15 passos que utilizamos antes de publicarmos um artigo!. Embora a diferença seja pouco perceptível, em termos de motores de busca faz uma diferença enorme. Isto porque quando um usuário faz uma busca, ele escreve sempre aquilo que está procurando, usando o tempo verbal direto: como publicar um artigo e não como publicámos um artigo. É muito raro o tipo de usuário que utiliza o passado quando faz buscas orgânicas no Google, por exemplo.

Embora esse truque faça toda a diferença, é importante que você tenha sempre consciência de que o seu título deve refletir a 100% o tipo de conteúdo que os seus usuários irão encontrar no artigo. Escrever títulos que nada têm a ver com o conteúdo propriamente dito, somente com o intuito de conseguir tráfego orgânico, é uma péssima jogada que lhe poderá custar bastante caro.

A reter: Procure uma coerência entre um título para os seus leitores e um título que seja bom para os buscadores. Imagine como é que você mesmo iria procurar num buscador por uma matéria desse género e programe um título que seja atrativo para seus usuários, mas ao mesmo tempo inteligente do ponto de vista do SEO.

2. UMA IDEIA POR PARÁGRAFO

Uma das técnicas que utilizamos sempre nos nossos artigo é a utilização de sub-títulos para dividir harmoniosamente todas as ideias de um artigo. Quer escrevamos sobre Como ganhar dinheiro com um Ebook Grátis, quer escrevamos sobre Como lidar com o sentimento de culpa ou mesmo Conselhos para começar um dia produtivo, toda a nossa estratégia é semelhante em todos os nossos blogs: uma ideia por parágrafo. Utilizemos sempre sub-títulos de grandes dimensões ou média dimensões para separar as nossas ideias, juntamente com citações e chamadas de atenção a negrito ou itálico, facilitando a leitura por parte do nosso público alvo.

Esquematizar bem as ideias dos seus artigos é uma das formas mais eficazes de você conseguir que o seu público leia efetivamente aquilo que você escreve. Além disso, procure utilizar sempre sub-títulos atrativos que façam com que o usuário sinta necessidade de ler a matéria em questão.

A reter: Utilize sub-títulos numa cor proeminente ou de acordo com o layout de seu blog, usando sempre tags H2, H3 ou H4. Utilize também sub-títulos atrativos que “forcem” o usuário a sentir vontade de ler o parágrafo em questão.

3. GATILHOS DE LEITURA

A utilização de gatilhos de leitura é também muito interessante e uma excelente forma de você fazer com que os seus artigos se tornem mais atrativos e ao mesmo tempo ricos em praticabilidade. As dicas que colocamos no formato “A reter:” são um bom exemplo de um gatilho de leitura, tal como o são as citações, os negritos e itálicos. Todo o tipo de gatilho é uma forma de chamar a atenção do leitor para algo que o autor considera importante. Além disso, os gatilhos são uma forma de o autor dar uma elevada importância a algo que considera chave no artigo, tornando a leitura e assimilação das ideias num processo mais simples para o usuário final.

Sempre que possível, tente tornar os seus artigos mais apetecíveis e fáceis de ler. Com a quantidade de informação que existe hoje em dia, é muito importante saber criar matérias atrativas, lúdicas e acima de tudo práticas, utilizando gatilhos de leitura que sintetizem toda a informação.

A reter: Utilize citações, chavões, negritos e itálicos para dar ênfase a pormenores que considera muito importantes no seu artigo, facilitando a leitura do mesmo aos seus usuários. Basicamente você selecciona aquilo que é mais importante, para que eles possam ler o artigo na diagonal e assimilar os pontos-chave.

4. IMAGENS COM QUALIDADE

Embora seja muito comum ver postagens de blogs com imagens, a verdade é que são poucos os blogueiros que dão a devida importância às imagens, utilizando-as como uma mais-valia para o seu blog. Procurar uma boa imagem para ilustrar um determinado artigo é algo que exige tempo e paciência. Por vezes demoramos mais de 1 hora a procurar uma ou duas imagens para ilustrar um dos nossos artigos, simplesmente porque desejamos que essa imagem seja perfeita, e não simplesmente uma imagem para ocupar espaço na tela.

No passado indicámos mais de 70 websites de fotografia livre onde você pode encontrar praticamente de tudo, no que diz respeito a fotografias para ilustrar artigos. O Google Imagens é também uma excelente opção, que deve ser utilizada com alguma inteligência. Se você não encontra a imagem que deseja, procure em português e também em inglês. Se ainda não encontrar nada que seja do seu agrado, procure adicionar algumas palavras que filtrem os resultados, como por exemplo “business”, que faz imediatamente com que todas as imagens que apareçam tenho um carácter mais profissional/corporativo.

A reter: Utilize pelo menos uma imagem por cada 800/1000 palavras que você escreve. Um artigo curto não deverá ter mais do uma imagem, caso contrário a imagem irá absorver todo o conteúdo. Procure também utilize imagens grandes, em toda a largura do seu blog, ou então justificadas num dos lados. A harmonia dos formatos, juntamente com o texto, é a chave para uma leitura relaxante e ao mesmo tempo interessante.

5. INTERLIGAÇÃO DE CONTEÚDOS

Já falámos diversas vezes da importância de aplicar dicas de link building no seu blog, como forma de reforçar os seus posicionamentos nos buscadores e tornar a leitura dos seus conteúdos mais rica e ao mesmo tempo mais funcional. Linkar internamente para outros artigos é não só uma boa estratégia de SEO, como também uma forma de ajudar o leitor a encontrar outros conteúdos chave que possam ajudá-lo a compreender melhor outras ideias e conceitos.

A interligação de conteúdos deve ser um processo feito manualmente e à medida que você for escrevendo conteúdos. Isto porque é importante você interligar matérias de uma forma que considere funcional e que ao mesmo tempo lhe permita seleccionar os conteúdos a interligar. Evite ao máximo utilizar plugins ou extensões que façam esse trabalho por si. Uma boa estratégia de link building é sempre feita manualmente, com inteligência, utilizando textos âncora de qualidade e linkando para conteúdos que são à partida uma mais-valia para o leitor.

A reter: O link building interno e externo são fundamentais em qualquer artigo, pois permitem ao leitor encontrar outros conteúdos que o ajudam a resolver determinados problemas. Sempre que possível, faça interligação de conteúdos usando texto âncora de qualidade e apontando para as matérias de maior qualidade no seu blog.

6. OTIMIZAÇÃO PARA BUSCADORES

As regras da otimização para buscadores têm-se alterado imenso nos últimos anos, e hoje em dia um artigo devidamente otimizado já não necessita de negritos e itálicos. Embora sejam muito úteis, conforme referimos no ponto nº3, do ponto de vista da otimização SEO, são completamente irrelevantes. Para uma boa otimização hoje em dia é importante utilizar um título atrativo, que contenha as palavras-chave para as quais você pretende rankear bem, uma estrutura organizada com h1 no título e h2 ou h3 nos sub-títulos, utilizar sempre as tags “title” nos links e “alt” nas imagens, utilizar uma meta descrição de qualidade e relevante, entre outras opções.

Ter todos estes aspectos em consideração é fundamental para conseguir melhores rankeamentos o mais rapidamente possível, mas também para organizar e estruturar o conteúdo de uma forma lógica e apetecível à leitura. Se utiliza WordPress, considere instalar um plugin como o All in One SEO ou o WordPress SEO do Yoast, e preencher sempre o título e a meta descrição dos seus artigos.

A reter: A otimização SEO dentro dos seus artigos é fundamental para conseguir bons posicionamentos, mas serve também para organizar e estruturar os seus artigos da melhor forma possível. Não esqueça algumas das regras mais importantes: palavras-chave no título, um bom primeiro parágrafo que resuma todo o conteúdo e contenha também as palavras mais importantes, h1 no título e h2/h3 nos sub-títulos, uma boa meta descrição novamente com a palavra-chave do artigo, utilização das tags “title” e “alt” em links e imagens, bem como a utilização de texto âncora inteligente sempre que linka para algum lado. Ninguém gosta de rankear para “clique aqui”.

7. REVISÃO GRAMATICAL

A revisão gramatical é algo que embora seja aborrecido para a grande maioria dos blogueiros, é extremamente importante do ponto de vista do profissionalismo da sua atividade. Se você pretende destacar-se da concorrência, ser convidado a dar palestras ou simplesmente aparecer na mídia tradicional, é importante que você se apresente como um profissional. E para isso os seus textos têm uma importância vital, pois eles espelham aquilo que você realmente é enquanto profissional: cuidadoso, exigente, pouco exigente, profissional, pouco profissional, etc.

Faça sempre uma revisão gramatical e estrutural aos seus artigos antes de os publicar. Por mais que tenha de investir 15 ou 30 minutos extra para rever o seu artigo e emendar potenciais gralhas ou erros, faça-o. No fim de contas, os seus artigos são o seu espelho para o mundo. Se você não anda mal vestido ou não deixa de tomar banho para se apresentar cuidado e profissional junto das pessoas com quem trabalha, porque razão não deve fazer o mesmo com os seus textos?

A reter: A revisão gramatical é essencial ao sucesso dos seus textos. Se pretende que os mesmos sejam lidos pelos seus usuários, que sejam comentados e acima de tudo que sejam linkados exteriormente, você deve tratá-los com cuidado e profissionalismo. Invista sempre 15 ou 30 minutos para reler e reformular os seus textos antes de os publicar.

8. RESOLVA PROBLEMAS

Normalmente uma das regras que tentamos sempre utilizar nos nossos artigos é a regra de resolver problemas. Todos os nossos artigos têm um intuito educacional, mas acima de tudo pretendemos que possam ajudar as pessoas a resolverem problemas comuns nas suas vidas pessoais e profissionais. Se você ajudar os seus leitores a atingir uma determinada meta, a resolver um problema, a ganhar dinheiro, ou outra coisa semelhante, você tem uma enorme vantagem face a outro tipo de blogs mais noticiosos, por exemplo.

Procure sempre questionar-se sobre os seus artigos e se eles podem ou não ajudar os seus leitores de alguma forma. Procure problemas comuns na sua área de negócio, e encontre soluções que vão ao encontro dessas necessidades. Por exemplo: Quando reparámos que um dos nossos artigos sobre Como ganhar dinheiro com vídeos na internet estava a gerar alguma procura, decidimos criar um artigo sobre Como ganhar dinheiro com vídeos no Youtube. Encontrámos uma solução para um problema/desejo de muitos dos nossos leitores, o que fez com eles se manifestassem positivamente sobre o assunto.

A reter: Procure sempre pelos problemas mais comuns dos seus usuários. Por vezes os desejos e dúvidas dos seus leitores, são uma excelente oportunidade para você escrever matérias que levam a um elevado engajamento entre os leitores. Analise de onde provém o seu tráfego, quais as pesquisas mais efetuadas e outro tipo de métricas que o possam ajudar a enquadrar melhor os seus artigos.

9. FAÇA QUESTÕES QUANDO NECESSÁRIO

Este passo é opcional, mas extremamente poderoso quando utilizado da forma correta. Muitas vezes, fazer perguntas aos seus leitores, seja no título do artigo, seja no final do mesmo, é uma excelente forma de aumentar o número de comentário do seu blog e também o engajamento entre a sua audiência e os seus artigos. Uma pergunta é normalmente um gatilho para a participação, e você deverá ter a sensibilidade aferida para fazer uso dessa prática sempre que achar que é necessário e conveniente.

As perguntas funcionam normalmente muito bem, mas nem todos os artigos serão ideais para esse tipo de abordagem. Quando realizar perguntar, questione diretamente os seus leitores e faça-os pensar.

A reter: Uma pergunta é normalmente uma das melhores formas de ativar o debate e a discussão nos seus artigos. Aproveite essa vantagem para aumentar o nível de engajamento com a sua audiência e gerar mais comentários do que o habitual. Tenha em consideração que os seus leitores adoram poder opinar e deixar a sua opinião. Estimule-os a isso!

10. TENHA A CERTEZA DE QUE ESTÁ PERFEITO

Praticamente todos os blogueiros passam por uma situação ou outra em que sentem a pressão de publicar um artigo e acabam por fazê-lo sem que o artigo esteja realmente perfeito. Seja porque poderia estar mais completo, seja porque poderia ter mais exemplos ou explicações, seja porque falta-lhe informação que seria uma mais-valia. Todos nós passamos por isso. No entanto, vale mais adiar um dia e publicar um artigo realmente perfeito, do que publicar um artigo que fica automaticamente a necessitar de uma revisão.

Procure sempre analisar os seus artigos como quem está de fora, e perceber se o artigo realmente está perfeito e extremamente bem documentado. Tal como acontece com um trabalho de investigação na faculdade, os seus artigos serão avaliados pelos seus leitores, pelo que quanto mais perfeccionistas e trabalhados forem, maiores são as probabilidade de sucesso.

A reter: Não caía no exagero da perfeição, mas procure sempre ter a certeza de que o seu artigo não falha em nenhum dos aspectos fulcrais da temática. Documente-se corretamente e aborde os temas de uma forma segura e inteligente. Se por ventura não estiver perfeito, complemente-o com as informações, exemplos ou explicações que considera serem importantes de incluir.

E VOCÊ, QUE PASSOS DÁ ANTES DE PUBLICAR OS SEUS ARTIGOS?

Partilhe connosco as suas técnicas e dicas para escrever artigos perfeitos, lógicos e que sejam realmente uma mais-valia para os seus leitores. Todos nós temos os nossos truques e esquemas de trabalho. Partilhe os seus!

Até Já!

Artigos
Relacionados

Comentários (118) Interações no Twitter (57)

Gostou desse artigo?

Partilhar Comentar

Tweetar Artigo

  • Alessandro Barros Viveiros

    Belissimo artigo. Estou com meu blog bem no início e essas dicas são para mim muito importantes. Vou colocar em prática e volto para dar meu depoimento. Obrigado pela ajuda!

    11/01/2012

    Responder
  • michele

    adorei as dicas mas preciso com urgencia de afiliar meu blog e sobre tema de maternidade um excelente assunto que atinge um publico alvo se alguem se enteressar meu blog e: michelearmendro.blogspot.com ou email; michelearmendro@gmail.com espero que excelentes pessoas se enteressem e respondam o mais breve possivel
    ATENCIOSAMENTE; MICHELE

    18/05/2012

    Responder
  • Juliano

    Muito bom o artigo.

    18/12/2012

    Responder
  • Fernanda

    Adorei esse artigo! Vai me ajudar muito no meu blog de moda.
    Adoro as suas escolas. Continue assim.
    Abraço

    22/06/2013

    Responder
  • Dymas Sousa

    Não importa quanto tempo se passa, este artigo ainda é muito útil. ;)

    06/02/2014

    Responder

Deixe seu comentário

Seu Gravatar

Para você partcipar dessa lista tem de estar cadastrado no Twitter. Cadastre-se agora!

Rede Escolas Plus

  • Psicologia

    Artigos sobre Psicologia, Motivação e muito mais, de uma forma prática e simples que lhe permitem melhorar a sua vida pessoal e profissional.

  • Criatividade

    Melhore a sua Criatividade através de tutoriais de desenvolvimento web, webdesign, dicas de inspiração, e muito mais.

  • WordPress

    Torne seu WordPress numa verdadeira máquina com nossos artigos, templates exclusivos, plugins e tutoriais totalmente em português.

  • Freelancer

    Arrisque em sua carreira de Freelancer seguindo nossas estratégias, dicas e recomendações, e leve seu negócio ao sucesso já hoje.

  • Apostas

    Gostava de ganhar dinheiro com seus palpites sobre esportes? Siga nossos tutoriais e dicas sobre como fazer apostas esportivas.

Subscribe to our mailing list

* indicates required Primeiro Nome * Endereço de Email *