Conversion Hero

Como fazer Link Building interno corretamente em seu blog

Ao longo dos últimos artigos temos a falar de questões relacionadas a Otimização para Motores de Busca e Link Building extremamente importantes para o seu blog. Como você provavelmente deve saber, aumentar o seu tráfego é como ganhar dinheiro, se você não estruturar corretamente, os resultados não aparecem. E é precisamente no Link Building interno que a grande maioria dos blogueiros falha, e consequentemente perde grandes oportunidades de melhorar o seu tráfego e consequentemente os seus rendimentos. Quanto mais tráfego o seu blog tiver, mais dinheiro você irá acumular em Adsense e Programas de Afiliados, mais rápido irá fazer crescer a sua lista de subscritores, mais comentários irá receber, e por aí adiante.

Quando explicámos como escrever um artigo corretamente otimizado para SEO, falámos obviamente da importância do Link Building interno, mas a verdade é que linkar internamente tem um pouco mais de ciência do que simplesmente colocar um link num artigo seu, apontando para um outro artigo. Existem muitas razões para você linkar internamente para outros artigos e páginas interessantes do seu blog. Estas são apenas algumas dessas razões:

  • É importante para o Google. Quando você linka internamente suas páginas, o Google interpreta isso como se você lhe estivesse dizendo que essas outras páginas têm valor e são importantes para os seus usuários. Ao passar valor para outros páginas, você está reforçando o seu artigo principal, mas também todos os seus outros artigos interligados.
  • Melhora a experiência de utilização do usuário. Quando um leitor do seu blog abre um dos seus artigos, começa a ler o conteúdo, e percebe que você fez várias ligações internas de grande qualidade ao longo do texto, ele fica mais entusiasmado para consumir outras matérias de seu site. Isso é melhorar a experiência de utilização para o usuário, tornando seus conteúdos mais ricos em informação.
  • Ajuda-o a baixar sua taxa de rejeição. Já aqui falámos muitas vezes da importância de baixar a taxa de rejeição do seu blog, e a verdade é que a linkagem interna de artigos continua a ser uma das melhores formas de você baixar a taxa de rejeição do seu blog, gerando mais pageviews e interesse junto dos seus leitores.
  • Ajuda-o a melhorar sua Otimização para Motores de Busca. A linkagem interna é também uma das melhores formas de você melhorar a indexação dos seus conteúdos no Google e conseguir melhorar seus posicionamentos para determinadas palavras-chave. Quando interligar conteúdos, defina corretamente seu texto âncora e link para que seus leitores acessem esses conteúdos e os compreendam, e você também ao mesmo tempo beneficiar dessa linkagem em termos de SEO.

link building

COMO FAZER LINK BUILDING INTERNO CORRETAMENTE?

Existem dois tipos de links em seu blog. Os links de conteúdo e os links de navegação. No entanto, ambos são extremamente importantes em sua estratégia de link building, principalmente se o seu objetivo é ganhar dinheiro com seu blog. Além disso, cada uma de suas páginas e artigos, tem uma palavra-chave diferente que faz com que esse artigo indexe mais facilmente no Google em determinadas pesquisas. Por exemplo, nosso artigo sobre Como conseguir seguidores no Twitter, tem como palavra-chave “Como conseguir seguidores no Twitter” e não “Como usar o Twitter”, por exemplo. Para essa segunda palavra-chave teríamos de ter um outro artigo correspondente e focado nessa palavra.

  • Links de Conteúdo – São os links que você faz internamente em seus artigos e que ligam para outros artigos publicados em seu blog. Estes links têm a particularidade de estarem apenas focados em artigos e não propriamente em suas páginas estáticas ou homepage.
  • Links de Navegação – Aqui incluem-se os links para a homepage do seu site, e para as suas páginas estáticas como por exemplo Publicidade, Contatos, Como criar um blog, etc. Dependendo do tipo de área em que você trabalha e o tipo de páginas que você tem, esses links podem ser completamente diferentes.

CRIE UMA PLANILHA DE PALAVRAS-CHAVE

Se você já produziu muitos conteúdos em seu blog (nós temos de 1100 artigos publicados, por exemplo), é natural que você se esqueça de determinados conteúdos e acabe não linkando para eles. Outra coisa que pode acontecer, é você ter escrito artigos não muito bons no passado, e então decide não linkar mais para eles. Nesta situação, recomendamos que faça a uma otimização dos seus artigos antigos, para que eles se enquadrem corretamente em sua filosofia atual, e oferecem conteúdo de qualidade para seus usuários. Dessa forma você já pode linkar para eles, e isso significa que você tem um espectro de páginas disponíveis muito maior.

Para facilitar seu trabalho de linkagem interna, é recomendável que você crie uma planilha no Excel ou no Google Docs com as palavras-chave de cada artigo (uma ou duas no máximo) e o respectivo link URL. Dessa forma você terá seu espectro bem visível na hora de escrever seus novos conteúdos e linkar diretamente para seus conteúdos antigos. Por cada página ou artigo do seu site, você deverá verificar quais as palavras-chave para as quais ele está rankeando corretamente. Recomendamos que use o Google Keyword Tool, por exemplo, para avaliar quais as palavras-chave que mais pesquisas locais mensais têm e aproveitar essa análise para começar a competir em palavras com mais volume de tráfego.

Usando um exemplo meramente ilustrativo, nós temos um artigo escrito em nosso blog sobre como conseguir mais seguidores no Twitter. Eis as palavras-chave para as quais poderíamos linkar esse artigo:

  • conseguir seguidores no Twitter
  • como conseguir mais seguidores no Twitter
  • mais seguidores no Twitter
  • como angariar mais seguidores no Twitter
  • como atrair mais seguidores no Twitter
  • mais seguidores no Twitter

Tenha em atenção que todas estas palavras-chave devem ser utilizadas como texto âncora do link que vai apontar para o respectivo artigo. Na verdade, todas estas palavras-chave são semelhantes e/ou indicam precisamente a mesma coisa. São apenas pequenas variações que fazem toda a diferença quando o usuário faz buscas num Motor de Busca como o Google, por exemplo.

É também recomendável que quando você linke seja para página ou para artigos, o seu texto âncora não seja sempre o mesmo. Quando você usa sempre o texto âncora, você está fazendo Keyword Stuffing, e tentando adulterar um resultado de busca, o que pode resultar numa penalização do Google. Vá variando seu textos âncora e tentando rankear melhor seus artigos para várias palavras-chave em simultâneo.

CRIE UMA ESTRUTURA DE NAVEGAÇÃO INTELIGENTE

Se você reparar, nossa página ganhar dinheiro está estruturada em dois níveis: ganhar dinheiro > afiliados. Ou seja, nós podemos linkar diretamente para a página de aterragem com nossos programas recomendados para ganhar dinheiro, ou linkar diretamente para as empresas Netfilia, Netaffiliation, Public-Idées, etc. Isso permite-nos reforçar nossas páginas e também rankear no Google para as pesquisas pelos nomes das empresas.

O mesmo se aplica a nossos Ebooks. Temos duas páginas de aterragem próprias para cada um deles: Ebook de Exercícios para Blogueiros e Ebook Como Criar um Blog. Isso permite-nos também linkar para nossos Ebooks com diferentes textos âncora, internamente a partir de artigos e da navegação do blog, e reforçar essas páginas mais facilmente.

Algumas dicas para você criar sua estrutura de navegação da forma mais correta:

  • Use sempre H2 em seus artigos da homepage – Todos os artigos listados em sua homepage devem ter o título no meio das tags <h2></h2>, ou seja, ficará algo do tipo <h2>título do artigo</h2>. Dado que o título de sua homepage é o H1 e o mais importante, seus artigos devem ser H2 para manter sua estrutura corretamente otimizada por ordem hierarquica.
  • Use sempre H1 nos títulos dos artigos, dentro do próprio artigo – Dentro do seu próprio artigo, o H1 deverá ser o título desse mesmo artigo, uma vez que é o elemento mais importante da página. Todos os subtítulos do artigo devem ser H2 ou H3, para manter uma sequência lógica e devidamente hierarquizada.
  • Crie páginas estáticas organizadas – Nos exemplos que demos em cima, nossa navegação está organizada corretamente com páginas e sub-páginas, sendo todas elas importantes em nossa estratégia de angariação de tráfego orgânico. Crie também suas páginas de aterragem para produtos, dicas, etc., que possam agregar valor em seu blog.
  • Não use widgets de artigos recentes na sidebar - Nunca use widgets ou plugins de artigos mais recentes na barra lateral de seu blog. Qual é o interesse em você estar linkando para seus artigos recentes duas vezes na homepage, quando eles já aparecem no corpo central dessa mesma homepage? Remova esses widgets e evite duplicar informação.
  • Use H2 nos widgets de artigos populares – Se você usa widgets de artigos populares em seu blog, coloque as tags H2 nos títulos desses artigos. Eles são um elemento secundário da sua homepage e de suas páginas/artigos internos.

Quanto mais organiza for sua estrutura de navegação, mais facilmente eus usuários navegam em seu blog, e sua Otimização para Motores de Busca funciona. Existem cadeias hierárquicas no SEO que você deve ter em consideração quando estrutura seus links internos de páginas e artigos.

Ebook Exercícios para blogueiros

FAÇA LINKAGEM INTERNA DESDE O INÍCIO

Um dos problemas de muitos blogueiros é não terem conhecimento sobre SEO para estruturarem seus blogs corretamente desde o primeiro dia. Por isso mesmo é que escrevemos dois artigos sobre otimização dos seus artigos antigos e como fazer uma auditoria de SEO em conteúdos antigos, que o podem ajudar a melhorar seus conteúdos mais antigos, interligando-os com novos conteúdos, escrevendo informação complementar, e estruturando melhor essas postagens para o ajudar a aumentar o seu tráfego mais facilmente.

Se você está a criar um blog neste momento, tenha em consideração a importância de interligar seus artigos logo desde o início do seu blog, reforçando todos esses artigos uns com os outros, e consequentemente com suas páginas estáticas também. Seu blog deverá ser uma teia (de teia de aranha), onde seus leitores passem o máximo de tempo possível consumindo informações de outros artigos, que depois os levam para outros artigos e depois para outros artigos. Isso será pageviews, aumenta o tempo médio de leitura do seu blog, e também suas chances de monetizar mais facilmente seus conteúdos.

REGRAS PARA LINK BUILDING INTERNO

Embora não existam regras no que diz respeito ao Link Building interno, é recomendável que você não use e abuse da linkagem, caso contrário seus artigos tornam-se difíceis de ler, e o Google pode não gostar de sua tendência para linkar constantemente para as mesmas páginas e conteúdos de seu blog, sempre com os mesmos textos âncora. Posto isto, seguem algumas regras que você poderá ter em consideração:

  • Máximo de 4 links por cada 500 palavras de texto. Desta forma você evita exagerar nos links internos de seu blog. Procure sempre a cada 500 palavras não exceder os 4 links e no mínimo colocar 1 link para um outro artigo. Isso garante que seus leitores terão outras matérias para ler ao longo do seu texto. Num texto de 2000 palavras, você poderá no máximo colocar 16 links internos e no mínimo 4. Esses links incluem não só artigos, como também páginas de navegação, homepage, etc.
  • Remova links do seu rodapé. Links no rodapé de seu blog é mau sinal e é muito mal visto pelo Google. Remova seus links de rodapé, quer sejam para páginas internas de seu blog, quer sejam para outros sites. Evite duplicar links ou enviar links desnecessários para outros sites.
  • Não duplique links com widgets e plugins. Se usa plugins de artigos populares ou artigos recentes, evite duplicar informação em seu blog. Numa homepage não faz sentido você ter um widget com os artigos mais recentes, quando na verdade eles já estão aparecendo em sua homepage. Remova isso.
  • Texto âncora + title + URL. Seus links deverão sempre usar um texto âncora correto, um title que é basicamente o título do link e também um URL que esteja funcionando. Aprenda como encontrar links quebrados em seu blog, caso já tenha muito conteúdo publicado e não tenha consciência se todos os links internos e externos estão funcionando.
  • Não faça demasiados links. Como em tudo na vida, tudo o que é demais faz mal. E enviar demasiados links internos para páginas e artigos podem ser prejudicial ao seu blog. Evite fazer demasiados links, seguindo as regras de cima.
  • Não use sempre o mesmo texto âncora. Faça variações do texto âncora como vimos anteriormente, para não ser tendencioso quando linka para determinados artigos e páginas do seu blog.

links internos

Para ilustrar mais facilmente com um exemplo deste mesmo artigo, usámos à esquerda o texto âncora “monetizar mais facilmente seus conteúdos”, e linkámos esse texto com um URL de um artigo nosso, um título exatamente idêntico ao texto âncora, e colocámos esse artigo a abrir numa nova janela/aba (opcional). O texto âncora + título + URL são indispensáveis numa linkagem interna feita de forma correta. Coloque sempre essas três informações para extrair o máximo potencial de seus links internos.

MELHORES LINKS INTERNOS = MAIS DINHEIRO

Quanto melhor for sua estrutura de linkagem interna, melhores seus são rendimentos com seu blog. Isto acontece porque quando você linka para outros conteúdos do seu blog, você está reforçando seus outros artigos. Esses artigos vão se posicionar melhor nos resultados de pesquisa orgânica dos motores de busca, sua taxa de rejeição vai descer, seu tempo médio de leitura vai subir, você vai atrair mais tráfego de qualidade para o seu blog, e mais tráfego significa mais clientes para seus anúncios do Adsense, programas de afiliados, venda de publicidade, etc.

Por isso mesmo, o Link Building interno é fundamental para você aumentar seu tráfego orgânico drasticamente, e com isso conseguir mais visitação e consequentemente ganhar mais dinheiro com seu blog, aproveitando nossas dicas sobre como monetizar seus conteúdos corretamente.

E VOCÊ, QUE ESTRATÉGIAS DE LINK BUILDING USA EM SEUS BLOGS?

Você faz linkagem interna dos conteúdos de seu blog? Que estratégias utiliza para interligar seus conteúdos ou melhorar seus posicionamentos nos buscadores? Deixe os seus comentários e partilhe connosco seus conhecimentos também!

Até Já!

Artigos
Relacionados

Comentários (83) Interações no Twitter (72)

Gostou desse artigo?

Partilhar Comentar

Tweetar Artigo

  • Katiero Porto

    Muito bom esse artigo, parabéns! Eu vejo que poucos seguem as dicas de fato, a maioria das pessoas ou não faz nenhum trabalho de link building interno, enquanto outras exageram com muitos links, tanto para outros artigos como para categorias e tags, e duplicam esses links.

    Acredito que o mais importante é ser moderado e criativo na hora da escolha das palavras chave.

    27/10/2011

    Responder
    • Olá Katiero, obrigado pelo comentário! De volta finalmente? :)

      Sem dúvida que há casos para tudo, mas continuo achando que muitos blogueiros não dão a importância que deviam ao Link Building interno. Linkar para categorias e tags é algo que também não faz muito sentido, excepto se estiver indexando as categorias. As tags em si não vale mesmo a pena. É impossível correr em palavras soltas e descontextualizadas. Além disso, pode-se gerar conteúdo duplicado facilmente e desnecessariamente.

      Abraços

      27/10/2011 Paulo Faustino

      Responder
      • Oi Paulo,

        As pessoas pensam que eu desisti. Na verdade eu não desisti, apenas tive problemas que me consumiram financeiramente e me fizeram ter que encerrar alguns projetos que tinham altos custos e não davam lucro, isso pode acontecer com qualquer um. Você calcula que com o seu saldo vai conseguir se manter e manter tudo funcionando por um determinado tempo, ai imprevistos acontecem e você se vê sem saída.

        No entanto, eu sigo estudando e agora o meu foco no idioma português é somente no desenvolvimento web e na prestação de serviços, em consultoria, essas coisas.

        Tenho algumas ideias de projetos pessoais que não tem nada a ver com internet marketing ou "ganhar dinheiro online", mas serão desenvolvidas com calma e em inglês.

        O meu conhecimento em internet marketing vai me ajudar sempre, eu uso ele em tudo o que faço, ou seja, não preciso ter um blog sobre internet marketing para ser um internet marketer, posso usar o que sei para promover qualquer tipo de trabalho que eu venha a desenvolver na internet.

        Valeu, abraços e sucesso com as Escolas.

        01/11/2011 Katiero Porto

        Responder
    • Como disse no meu comentários abaixo, faço links internos para Categorias e tags, com moderação, claro, e discordo da opinião de vocês, pois faço trabalho de otimização das categorias e das tags, o que no meu caso funciona e é bom para os mecanismos e para os usuários, várias tags dos meus blogs estão nas primeiras posições das pesquisas para Keywords importantes, portanto é sim possível fazer links internos para categorias, páginas, tags...Mas é preciso saber muito bem o que se está fazendo, SEO é uma técnica muito arriscada que se fizer errado corre o risco de perder o bom trabalho, como vocês disseram, é preciso cuidar com conteúdo duplicado e outras coisas.

      28/10/2011 Lauro Daniel

      Responder
  • Marques

    Eu não usava esta estratégia de link building no início do meu blog e após adquirir mais conhecimento venho fazendo há algum tempo o que você indicou neste artigo.
    Os resultados mostram que realmente vale a pena usar links estrategicamente colocados no meio dos artigos, recomendando outros artigos, melhorando a experiência do usuário e principalmente o melhor rankeamento nos mecanismos de busca.
    Já vi que funcionava e ainda com o reforço do seu artigo vejo que estou no caminho certo para a conquista de minhas metas.

    Marques

    27/10/2011

    Responder
    • Olá Marques, obrigado pelo comentário! Sem dúvida que o Link Building interno produz excelentes resultados, principalmente ao nível do tráfego orgânico em seu blog. Quando usado com inteligência e mestria, os resultados podem ser realmente fantásticos, além de ser uma excelente oportunidade de melhorar a experiência do usuário, fazendo-o navegar por outras páginas e conteúdos de interesse em seu blog.

      Parabéns pelos resultados já obtidos!

      Abraços

      27/10/2011 Paulo Faustino

      Responder
  • André Vinhas

    Ótimo artigo Paulo, parabéns!

    Veja o artigo no link em baixo que fala sobre Link Building também e que publiquei no meu blog à uns dias!

    http://escolablog.com/2011/10/20/20-tecnicas-de-link-building-para-ter-sucesso/

    27/10/2011

    Responder
    • Olá André, obrigado pelo comentário e pela partilha.

      Abraços

      27/10/2011 Paulo Faustino

      Responder
  • Lauro Daniel

    Considero a Link Building a segunda coisa mais importante para um Blog que planeja ter sucesso, a primeira é o conteúdo.

    Sem Links Internos e externos um Blog fica quase fadado ao fracasso, mesmo tendo bom conteúdo.

    Respondendo a pergunta do final, se tem algo que sempre foquei foram nos links internos e externos, backlinks, utilizo todas as formas possíveis, sempre que uma palavra chave aparece linko para ela, linko para as tags, para as categorias, para os posts específicos e também para outros sites importante para aquele assunto, sim, isto é importante apontar outros sites.

    Grande Abraço e Parabéns por mais um Bom Artigo Paulo!

    27/10/2011

    Responder
    • Olá Lauro, obrigado pelo comentário! O Link Building é de facto muito importante. Não diria que um site está condenado ao fracasso por não ter uma boa estratégia de Link Building interno, mas certamente estará atrás de sua concorrência.

      Abraços

      28/10/2011 Paulo Faustino

      Responder
  • André Porto

    Olá Paulo,
    Voce diz que não faz sentido ter widget com os artigos mais recentes e linkagen dentro dos artigos, tudo junto. Mas e quanto a esses plugins que colocam links para outros artigos ao final dos artigos que estamos a ler?

    Aqui na escola por exemplo, antes de sua apresentação de autor, voce mostra o menu com "Outros artigos que você deveria ler!"

    Também tenho algo do tipo no meu blog, porém não entendi direito isso, é pra usar, pra não usar, usar um e não outro????? Tem como explicar apenas esse caso melhor? To sem saber o que utilizo e o que não utilizo.

    Grande abraço!

    27/10/2011

    Responder
    • Olá André, obrigado pelo comentário! Os plugins de artigos relacionados fazem sentido de usar, porque eles mostram artigos diferentes do artigo que o usuário está lendo, o que é igualmente bom para sua linkagem interna. O que falei é que não faz sentido usar Artigos Recentes na barra lateral do blog, quando os Artigos Recentes são aqueles que aparecem na homepage.

      Consegui explicar-me? :D

      Abraços

      28/10/2011 Paulo Faustino

      Responder
      • Haaa... agora entendi tudinho, estou fazendo correto então!

        Valeu Paulo, grande abraço!

        28/10/2011 André Porto

        Responder
  • Claudio

    Gostei do assunto e despertou algumas dúvidas.

    Onde eu vejo e altero essas opções no wordpress dominio próprio.

    Use sempre H2 em seus artigos da homepage – Todos os artigos listados em sua homepage devem ter o título no meio das tags , ou seja, ficará algo do tipo título do artigo. Dado que o título de sua homepage é o H1 e o mais importante, seus artigos devem ser H2 para manter sua estrutura corretamente otimizada por ordem hierarquica.

    Use sempre H1 nos títulos dos artigos, dentro do próprio artigo

    27/10/2011

    Responder
    • Olá Claudio, obrigado pelo comentário!

      H2 nos artigos da homepage você pode ver no ficheiro index.php do seu template. Quando ele puxa o título dos artigos, deve estar envolvido em H2.

      H1 no título dos artigos dentro do próprio artigo, você pode ver no ficheiro single.php do seu template. O título neste caso deve estar envolvido em H1.

      Abraços

      28/10/2011 Paulo Faustino

      Responder
    • Pense em seu blog como um livro com capítulos e subcapítulos, na página interna o mais importante e o titulo do seu post e ele que você tem que rankear, observei em seu blog que você está com dois h1 por páginas, se e para deixar assim era melhor deixar o h2 mesmo nas internas.

      O meu conselho para você e que observe no template padrão do wordpress no arquivo "header.php" como e feito para nas páginas internas o h1 do nome do site substituir no outra tag por exemplo ate uma DIV, la consta um "if" verificando se você está ná home ou não. Observe lá de encontrará de forma fácil com resolver.

      Abrass...

      28/10/2011 Nelson Schuck

      Responder
  • Bónus Betclic

    Excelente artigo.
    Enquanto lia o texto, estava já a preparar as perguntas a dúvidas que iam surgindo, mas umas linhas mais abaixo vinha sempre a resposta.
    Muito completo!

    27/10/2011

    Responder
  • Nelson Schuck

    Primeiramente, boa noite Paulo, estou com este artigo aberto no browser a horas só agora tive tempo de ler, mais não iria dormir antes de ler ele hoje, pelo simples fato de ver dois grandes blogueiros de portugal rankeando muito bem no google.com.br com seus artigos, já tinha notado que o trabalho de linkbuilding dos mesmos são focados principalmente na linkagem interna assim passando juice de uma página a várias outras, e nesse artigo você da um passo-a-passo de como fazer isso corretamente, arrisco a dizer que com 100 artigos dependendo do nicho da para rankear muito bem apenas com linkagem interna, e as dicas do artigo. Claro que não poderia deixa de citar os blogueiros (@escoladinherio e o @CustodioF) temos muitos outros, mas com a qualidade da linkagem interna dos blog's de vocês e difícil.

    Abras, parabéns pelos artigos sempre com muito conteúdo.

    28/10/2011

    Responder
  • REDLine PC

    Mais um excelente artigo Paulo, parabéns.

    28/10/2011

    Responder
  • Rick

    Eu já faço isso Paulo, mas com as suas dicas vi que posso melhorar!

    Preciso dizer que o artigo é excelente! Parabéns!

    28/10/2011

    Responder
  • Pedro Alfaiate

    Olá Paulo,

    só uma questão, durante o artigo falas que na homepage os links para os artigos devem ser H2, mas tive curiosidade de ir analisar o blog EscolaDinheiro, e os artigos são H1?

    Não quero com isto armar-me em chico esperto ou algo do género mas sim tentar perceber o porquê de dizeres uma coisa e fazeres outra :)

    Já agora, continua com o bom trabalho

    1 abraço

    28/10/2011

    Responder
  • Victor Azevedo

    Oi Paulo, tudo bem?

    Também fiquei com uma dúvida:
    Você recomenda em seu artigo para remover links no rodapé do blog. Isso é para a homepage ou as páginas de conteúdo?

    Parabéns mais uma vez pelo blog. Sucesso!

    28/10/2011

    Responder
  • Marcelo

    Paulo,

    Este artigo contém informação muito útil sem dúvida.

    Tenho uma questão pois quando recomendas não usar sempre a mesma palavra-chave para o link interno, isto me levou a pensar nos plugins wordpress que para link building interno automaticamente.

    Neste caso deveríamos deixar de lado esses plugins e partir para o link building manual?

    Obrigado.

    28/10/2011

    Responder
  • Carlos Akira Higuti

    Olá, Paulo!
    Excelente artigo! Vou tentar reformular todo o meu blog, aos poucos. Com as suas dicas, com certeza vai fazer muita diferença, e será de grande proveito.
    Muito obrigado por compartilhar conosco!

    28/10/2011

    Responder
  • Almy

    Excelente artigo Paulo!

    Uma das coisas que os webmasters se esquecem, é que o usuario normalmente é preguiçoso, voce tem de então facilitar a vida dele.Ao investir numa estrategia de link building interno, voce deixa ele bem servido do conteudo que seu site pode oferecer, tudo estará ao alcance dele sem que ele tenha de procurar por conteúdo relacionado.

    28/10/2011

    Responder
  • Lucas - Otimizar Blog

    Olá Paulo,

    Concordo plenamente com todas as dicas citadas no artigo.Penso que a maioria dos blogueiros acaba pecando na hora de manter uma boa estruturação de links a partir do momento da criação do blog, isso acontece geralmente por falta de conhecimento sobre o assunto quando estamos começando a blogar.
    Hoje criar uma boa estrutura de links não é mais tão difícil, principalmente para quem utiliza o Wordpress, já que existem vários plugin que ajudam nesta tarefa.

    28/10/2011

    Responder
  • Ganhar Dinheiro

    Fazer links interno tem diversos benefícios.

    Mais trafego, mais tempo o usuário permanece em seu blog, menor a taxa de rejeição, melhor qualificação do seu blog para o Google, enfim. Se você possui um blog, utilizar as técnicas ensinadas nesse post de links internos é uma boa pratica para otimizar o seu trabalho com seu blog.

    30/10/2011

    Responder
  • Jose Luiz

    Olá Paulo gostaria de saber daquela lista de agregadores de feed rss se ainda funciona ,e ajuda na indexação ,depois que surgiu o Panda ; afinal é válido ?

    31/10/2011

    Responder
  • Carlos Iung

    Muito bom o artigo, principalmente quando está falando sobre a navegação. Hoje muitas pessoas que estão começando não conseguem artigos assim falando abertamente, porque parece que o pessal quer esconder o jogo com medo de ensinar.

    Abraço!!

    31/10/2011

    Responder
  • Leno Fishermann

    Caro Paulo Faustino, primeiro que tudo, quero lhe parabenizar pelo seu profissionalismo e o grande trabalho que tens feito, principalmente através do Escola Dinheiro. Sou seguidor e venho obtendo excelentes resultados após ler diariamente seus posts via e-mail. O tráfego e prestígio de meu simples blog, vem crescendo a cada dia, com a implementação de suas dicas e recursos. Sigo a risca suas recomendações, mas estou muito confuso na inserção do h1 e h2 em minhas postagens. Isso se dá ao fato de eu estar usando a plataforma Blogspot. Ao criar uma postagem, digito o título principal normalmente. Depois inicio a postagem com um subtítulo EX: Escola Dinheiro Aprenda Como Lucrar na Internet, em seguida, coloco neste subtítulo. Em outro subtítulo, coloco e assim por diante. Já que não sei como colocar h1 ou h2 no título principal das postagens do blogspot. Em fim, a pergunta é: Como, ou se posso pôr o h1 ou h2 no título principal da postagem?. Se tenho que inserí-la a partir do código fonte?. Estou fazendo certo em pôr só nos subtítulos por hierarquia, ou como devo proceder neste caso. Aguardarei sua resposta, assim que puder responde-la!.

    Atenciosamente,

    Leno Fishermann.

    05/11/2011

    Responder
  • Maicon Patrique

    Excelente artigo Paulo.

    Vou começar a aplicar está técnica em meu blog e analisar os resultados.

    Valeu..

    23/01/2012

    Responder
  • Anderson Takakura

    Oi Paulo, excelente artigo, obrigado.
    Tenho uma dúvida meio óbvia, mas são as dúvidas óbvias que me preocupam.
    Você diz que links de rodapé são mau vistos. Você quer dizer aqueles links do tipo: Você também poderá gostar de... como do widget LinkWithin?
    Abraços!

    25/01/2012

    Responder
  • Rita

    Olá. Será que pode me ajudar, quero montar um blog para mim, mas nem sei por onde começar. Sei o que quero publicar, mas todas essas info sobre H1, H2, H3, SEO, link building, google, estou me familirizando agora. Tentei até comprar o seu livro, mas ao clicar aqui na sua página, ela não me dá acesso ao pagseguro. Enfim, o seu livro ensina tudo isso que você colocou no seu artigo, até como indexar o Google Analitics, pq já tive uma terrível experiência em contar com webdesigner. Se tiver quero comprar o seu e-book, mas você precisa me ajudar como faço para comprar, pois não estou conseguindo. Fica aparecendo Receba nosso... e não some da tela, e não achei nenhum lugar para clicar para eliminar isso.
    Obrigada.

    28/04/2012

    Responder
  • Kaique Ocanha

    No começo do meu blog, eu realmente não fazia link building interno mas já consertei isso, o que me aumentou bastante o tempo de visita dos leitores.

    Muito obrigado pelo post, que me esclareceu muitas dúvidas!!
    Vlw, um abraço e fiquem bem.

    29/04/2012

    Responder
  • denis

    muito bom seu artigo, obrigado por compartilhar suas experiencias

    21/05/2012

    Responder
  • Sacaria Gonzalez

    Gostei! Muito legal, parabens!

    17/02/2013

    Responder
  • Bruno Costa

    Artigo muito bom
    Só não entendi quando se escreve "Use sempre H2 em seus artigos da homepage"?
    Valeu pelo artigo

    19/11/2013

    Responder

Deixe seu comentário

Seu Gravatar

Para você partcipar dessa lista tem de estar cadastrado no Twitter. Cadastre-se agora!

Rede Escolas Plus

  • Psicologia

    Artigos sobre Psicologia, Motivação e muito mais, de uma forma prática e simples que lhe permitem melhorar a sua vida pessoal e profissional.

  • Criatividade

    Melhore a sua Criatividade através de tutoriais de desenvolvimento web, webdesign, dicas de inspiração, e muito mais.

  • WordPress

    Torne seu WordPress numa verdadeira máquina com nossos artigos, templates exclusivos, plugins e tutoriais totalmente em português.

  • Freelancer

    Arrisque em sua carreira de Freelancer seguindo nossas estratégias, dicas e recomendações, e leve seu negócio ao sucesso já hoje.

  • Apostas

    Gostava de ganhar dinheiro com seus palpites sobre esportes? Siga nossos tutoriais e dicas sobre como fazer apostas esportivas.

Subscribe to our mailing list

* indicates required Primeiro Nome * Endereço de Email *