Conversion Hero

Marcos Lemos, você está errado sobre os Programas de Afiliados!

Depois de o Marcos Lemos do Ferramentas Blog ter publicado ontem um artigo dizendo “Não recomendo Programas de Afiliados para ganhar dinheiro com Blog“, e tendo pedido à Escola Dinheiro para comentar o assunto, achámos por bem responder de igual forma, escrevendo um artigo com aquelas que consideramos serem as 10 razões porque o Marcos Lemos está errado sobre Programas de Afiliados, mais concretamente os programas que pagam por CPA (Custo por Ação). Para quem não tem conhecimentos nesta área, um programa que paga por CPA é um programa que paga um valor fixo por uma determinada ação, seja ela um registro, o preenchimento de um formulário, etc. O blogueiro coloca os anúncios no seu blog e é pago sempre que um dos seus leitores gerar a ação no site anunciado. Todos os outros cliques, impressões e formulários incompletos, não são contabilizados nos ganhos do blogueiro.

Embora o Marcos esteja correto parcialmente na sua abordagem, não concordamos integralmente com todos os pontos do seu artigo. A venda direta de publicidade não implica a não utilização de programa de afiliados, muito menos impede a venda de produtos próprios no blog. Recentemente escrevemos um artigo sobre Ganhar dinheiro com blog – Qual o segredo?, em que referimos a importância de ter produtos próprios para venda no seu blog, e que é sem dúvida um dos grandes segredos da monetização de sites e blogs na internet. No entanto, os programas de afiliados não podem, nem devem, ser descurados, uma vez que representam uma fatia enorme da rentabilização, quando usados de forma correta e seguindo algumas das estratégias que já publicámos aqui na Escola Dinheiro em outros artigos.

reais dinheiro

ESCOLHER BONS PROGRAMAS

Bons programas de afiliados, demoram algum tempo a serem encontrados. Acredito que o Marcos Lemos terá tido algumas más experiências, por ter testado programas de baixa qualidade e/ou difíceis de converter. No entanto, bons programas de afiliados, convertem muito acima da média de outros tipos de anúncios, e na verdade, em 30 dias, rendem bem mais do que se o espaço fosse comercializado a um anunciante.

Tendo em consideração que um banner publicitário custa R$450 na barra lateral do Ferramentas Blog por um período de 30 dias, isso significa que usando um programa de afiliados que pague por exemplo, 4 Euros por conversão (R$9,00), o Marcos Lemos iria necessitar de 50 leads para conseguir ganhar o mesmo valor do que tivesse comercializado esse espaço a um anunciante. A questão é que determinados programas de afiliados, geram bem mais do que 50 leads por mês, num blog como o Ferramentas Blog, gerando um valor mensal bastante superior ao valor do espaço para anunciantes.

Campanhas como a Netfilia Afiliados ou Netaffiliation Afiliados, permitiriam ao Marcos Lemos, rapidamente, ganhar bem mais dinheiro do que alugando o espaço a um anunciante, pese embora, os valores ganhos sejam pagos em média a 30 ou 60 dias. Esse é certamente o único ponto contra de usar um programa de afiliados deste género.

Para complementar este ponto, recomendo a leitura dos seguintes artigos:

ESCREVER ANÁLISES AOS PRODUTOS

Mais importante que ter um banner publicitário na barra lateral do blog, é você escrever análises dos produtos em questão. Numa das minhas palestras referi que “display não converte”, no sentido de referir que um banner publicitário está longe de ser o melhor método para converter programas de afiliados. Análises escritas são bem mais poderosas desse ponto de vista, gerando maior interesse, um maior CTR e consequentemente uma maior rentabilização. Alguns artigos sobre determinados programas de afiliados, podem render centenas ou mesmo milhares de Reais em comissões de afiliado.

Recentemente escrevemos um artigo sobre Como ganhar dinheiro escrevendo resenhas de produtos, onde explicamos essa metodologia, usando programas de afiliados, algo que certamente o Marcos Lemos não experimentou, mas que poderia ser um complemento bastante eficaz aos seus ganhos habituais com a venda de publicidade. Tendo em consideração que o Marcos nem gosta de colocar banners de afiliados na barra lateral, porque não usar programas de afiliados apenas em páginas de aterragem, email marketing e resenhas sobre esses mesmos produtos?

PÁGINAS DE ATERRAGEM

Outro aspecto que o Marcos Lemos não desenvolve no seu blog, são as chamadas páginas de aterragem para os produtos que se pretende promover e/ou aconselhar aos leitores. Se o Marcos reparar, todos os programas de afiliados que temos no blog, bem como as ferramentas para blogueiros, têm as suas próprias páginas de aterragem, com informações importantes para que está procurando esse tipo de produto/programa. A única forma de converter um afiliado, é gerando confiança e credibilidade, algo que se consegue com maior facilidade, usando páginas de aterragem descritivas.

Dessa forma, é possível ao longo de vários conteúdos que se escreve, linkar diretamente para essas páginas de aterragem, despertando interesse no usuário e consequentemente gerando maiores conversões ao longo do mês. Além disso, as páginas de aterragem, têm a particularidade de rankearem no Google para o nome dos produtos, o que gera invariavelmente tráfego orgânico de qualidade para essas mesmas páginas, e consequentemente comissões nesses programas.

Ebook Exercícios para blogueiros

ENVIOS DE EMAIL MARKETING

Esta é outra das estratégias que o Marcos Lemos não usa no Ferramentas Blog. Para se ter sucesso com programas de afiliados, é necessário ter-se uma boa base de dados, com qualidade, para a qual se possam enviar emails indicando determinados produtos e programas. Escrevemos recentemente aqui no blog um artigo sobre Estratégias de email marketing para aumentar a sua lista de newsletter, no qual referimos alguns dos princípios básicos para construir uma lista de emails com qualidade, gerando relacionamentos com os subscritores e criando confiança junto deles, de forma a permitir-lhe a recomendação de determinados produtos, sejam eles produtos próprios ou produtos de afiliado.

Os grandes blogueiros profissionais, usam o Email Marketing como a sua fonte de rendimentos Nº1. Nenhum deles procura nos banners publicitários a solução para os seus rendimentos. A solução está na criação de uma base de dados de qualidade, que lhes permita recomendar determinados produtos e gerar dezenas/centenas de conversões com um único envio, algo que justificaria a utilização desses mesmos programas de afilidos.

Para complementar este ponto, recomendo a leitura dos seguintes artigos:

ganhar dinheiro

CPC E CPM SÓ RENDE COM MUITO TRÁFEGO

Embora o Marcos Lemos não seja fã de programas de afiliados que pagam por CPA, ele considera que programas que pagam por CPC ou CPM são mais justos para os blogueiros. No entanto, o que o Marcos esqueceu de referir, foi que para conseguir bons valores com esses programas de CPC ou CPM, é necessário ter-se bastante tráfego. Um programa de afiliados que pague 0,05EUR por clique, para render 500EUR num mês, você tem de gerar algo como 10,000 cliques. E na verdade, isso não se consegue com um blog que receba 1000 ou 2000 visitantes por dia. É necessário bem mais do que isso, sem questionar que 500EUR/mês está longe de ser uma fortuna.

Já os programas que pagam por CPM, pagam um valor fixo por cada 1000 impressões de um determinado banner publicitário. Alguns programas pagam R$1 ou R$2 por cada 1000 impressões, o que significa que para ganhar R$500, é necessário 250,000 ou 500,000 pageviews mensais. O valor é um salário mínimo, o que na verdade também não é uma grande fortuna para quem almeja ser bem sucedido na internet.

Isto significa que de todos, os programas mais equilibrados são sem dúvida os programas que pagam por CPA, pois só quando o usuário converte é que você e o anunciante ganham dinheiro. Embora possa parecer um programa não justo, porque os usuários podem gerar cliques ou visualizar o banner durante um mês e você não ganhar nada com isso, na verdade eles só geram dinheiro, quando o usuário tem qualidade e converte. E essa, é a grande dificuldade que a maioria dos blogueiros enfrenta: conversão!

MÍDIAS SOCIAIS GERAM CONVERSÕES

Os programas de afiliados não convertem apenas em sites e blogs. Já muitos anunciantes que trabalham com CPAs, oferecem modelos híbridos que permitem aos blogueiros colocar esses mesmos anúncios nas suas páginas de fãs do Facebook, ou em seus perfis do Twitter, gerando conversões através dos milhares de seguidores que têm nessas redes sociais. Mais uma vez, se o Marcos não gosta de ter os banners de afiliados expostos em seu blog, pode aproveitar esse género de campanhas para levar esses produtos até outros canais de mídia que tenha e a partir dos quais possa gerar uma renda extra além daquela que é conseguida a partir da venda de anúncios diretamente a agências ou empresas.

Muitos blogueiros ainda não usam as mídias sociais para converterem programas de afiliados, mas a verdade é que dependendo do tipo de leitores e do tipo de CPA, você posso conseguir dezenas de conversões facilmente, publicando apenas uma mensagem no seu mural do Facebook e outra na sua timeline do Twitter. Pequenas ações que não deixam seus usuários furiosos, e que de certa forma servem como complemento aos ganhos do blog.

AFILIADOS SÃO UM COMPLEMENTO!

Embora seja possível viver apenas de programas de afiliados, dependendo do nicho de mercado e do valor do CPA, a verdade é que para a grande maioria dos blogueiros, os programas de afiliados são apenas um complemento aos seus ganhos com Adsense, venda de anúncios diretos, venda de infoprodutos, etc. E isso está correto. Na verdade, essa deveria ser a estratégia do Marcos Lemos: conciliar programas de afiliados com um bom CPA, juntamente com os seus ganhos com Adsense, venda de publicidade e venda de produtos próprios, ao invés de desistir do Adsense e/ou Venda de anúncios, para aplicar nesses locais os banners publicitários dos programas de afiliados.

Além de nós aqui na Escola Dinheiro, muitos outros blogueiros desta área usam programas de afiliados por CPA, como o Celso Lemes do Criar Sites, que arrecada mensalmente mais de R$3000 reais com programas de afiliados direccionados ao seu público alvo. Além disso, ele continua usando o Adsense e a Venda de publicidade direta a anunciantes, o que faz com que os programas de afiliados sejam um complemento e não uma regra. E é precisamente isso que o Marcos Lemos precisa fazer, caso contrário, a cada dia que passa, está mandando dinheiro à rua.

Este artigo é uma resposta ao artigo “Não recomendo Programas de Afiliados para ganhar dinheiro com Blog“.

Até Já!

Artigos
Relacionados

Rede Escolas Plus

  • Psicologia

    Artigos sobre Psicologia, Motivação e muito mais, de uma forma prática e simples que lhe permitem melhorar a sua vida pessoal e profissional.

  • Criatividade

    Melhore a sua Criatividade através de tutoriais de desenvolvimento web, webdesign, dicas de inspiração, e muito mais.

  • WordPress

    Torne seu WordPress numa verdadeira máquina com nossos artigos, templates exclusivos, plugins e tutoriais totalmente em português.

  • Freelancer

    Arrisque em sua carreira de Freelancer seguindo nossas estratégias, dicas e recomendações, e leve seu negócio ao sucesso já hoje.

  • Apostas

    Gostava de ganhar dinheiro com seus palpites sobre esportes? Siga nossos tutoriais e dicas sobre como fazer apostas esportivas.