WiNNER

Como ser aprovado em plataformas de afiliados?

Muitos blogueiros que nos visitam regularmente tendem a referir ao longo do tempo que sentem dificuldades em serem aceites em plataformas de afiliados que recomendamos com regularidade aqui no blog. Embora isso seja perfeitamente normal, é necessário você perceber porque razão o seu site ou blog não é aceite na grande maioria das plataformas de afiliados e o que você poderá fazer para contornar essa situação e começar a divulgar programas de afiliados no seu blog, monetizando o tráfego que você já tem. Já aqui explicámos no blog por diversas vezes como ganhar dinheiro com programas de afiliados, e inclusive falámos recentemente sobre as estratégias de marketing para promover programas de afiliados, pelo que se você pretende utilizar este método de monetização em simultâneo com os seus anúncios do Google Adsense, primeiro você terá de perceber como funcionam as plataformas de afiliados e o que deverá fazer para ser aceite como afiliado nessas mesmas plataformas.

Ao contrário do que acontece com os anúncios do Google Adsense, ser aceite em plataformas de afiliados é algo bastante mais complexo e com regras, onde nem todos os sites e blogs são aceites. Isso acontece porque existe interesse nas plataformas em que os seus afiliados tenham qualidade e possam converter esses programas em dinheiro para as empresas afiliadas e consequentemente para a própria plataforma. Além disso, as plataformas de afiliados têm equipes de suporte que se relacionam de perto com os afiliados, pelo que é necessário que esses afiliados tenham qualidade, caso contrário a empresa acabará por perder muito dinheiro dando suporte a afiliados sem qualidade e sem argumentos para realizar dinheiro.

dinheiro

O QUE SÃO PROGRAMAS DE AFILIADOS?

Esta é provavelmente uma das questões que a grande maioria dos blogueiros gostaria de ver respondida. Basicamente, um programa de afiliados funciona como um intermediário entre uma empresa/anunciante e um usuário/cliente. A empresa, que tem um produto ou serviço que pretende comercializar, cria um programa de afiliados para divulgar esse mesmo produto através de banners publicitários, kits de email marketing, links de texto, etc., e oferece a todos os usuários que decidirem divulgar os produtos/serviços da empresa, uma comissão em troca das vendas. Existem diversos modelos de programas de afiliados, que podem ir desde uma simples comissão fixa sobre o valor de uma venda gerada, até outros programas mais complexos que exigem múltiplos passos como o preenchimento de um formulário, o cadastro do usuário e a compra de um serviço/produto.

Existem diversas nomenclaturas e formatos de programas de afiliados, os quais podem causar-lhe alguma confusão, mas que na realidade significam simplesmente as várias opções que empresas e anunciantes têm à sua disposição para monetizarem mais facilmente o seu público alvo. Vejamos:

  • CPC (Custo por Clique)
  • CPA (Custo por Ação)
  • CPL (Custo por Lead válida)
  • CPM (Custo por Mil Impressões)
  • CPF (Custo por Formulário)
  • CPV (Custo por Venda)

Todas estas nomenclaturas, embora possam parecer complexas de compreender, significam nada mais, nada menos, do que o formato da venda. Quer você receba comissões por clique, por acção, por venda ou por formulário, você estará usando um programa de afiliados que se enquadra nas nomenclaturas anteriores. Muitos blogueiros simplesmente usam programas de afiliados sem compreenderem os termos associados a eles, o que poderá levar a reclamações desnecessárias junto das empresas de afiliados.

Resumindo, quando você promove um determinado programa de afiliado, você é recompensando por essa promoção de acordo com o que a empresa/anunciante decidiu previamente: clique, ação, lead, mil impressões, formulário ou venda. Para percebermos mais facilmente como funciona cada um desses formatos de publicidade com programas de afiliados, vamos analisar caso-a-caso e dar-lhe alguns exemplos práticos para uma melhor percepção:

CPC (CUSTO POR CLIQUE)

Neste tipo de programas de afiliados, você é remunerado ao clique, ou seja, independentemente do formato de anúncios que você decidir utilizar em seus sites ou blogs (links de texto, banners publicitários, email marketing, etc), você será sempre remunerado consoante os cliques que a campanha receber. Sempre que um usuário clicar num dos seus meios de publicidade, você receber um valor fixo por clique, que pode variar de anunciante para anunciante.

Normalmente as campanhas ao clique são utilizadas por empresas de grande porte que procuram tráfego indiferenciado para seus sites. Tenha especial atenção ao tipo de regras e tracking que a empresa/anunciante realiza. Por vezes são apenas contabilizados os cliques unitários e por IP, ou seja, se um mesmo usuário der 2 cliques na campanha, você é remunerado apenas por 1 clique.

CPA (CUSTO POR AÇÃO)

O custo por ação, tal como a própria ação, é uma métrica que a própria empresa/anunciante decide e passa para o afiliado, neste caso você. Dependendo do tipo de nicho de mercado, a ação poderá ser um cadastro, um depósito em dinheiro, ou uma outra ação qualquer. Existem campanhas de sites de emprego, por exemplo, que pagam um valor fixo de CPA para que os afiliados (você) promovam a empresa e consigam usuários para se cadastrarem no site e concorrerem a vagas. Isso seria uma ação. Por cada usuário que você conseguir enviar para esse site de empregos, que se cadastre, você recebe um valor fixo, chamado de CPA.

No caso dos afiliados de apostas esportivas, casinos e poker, por exemplo, eles pagam aos seus afiliados um CPA bem alto, porque a ação é bastante exigente e difícil de converter. Neste caso concreto, o usuário que você indicar para o site, tem de se cadastrar como cliente, e além disso, tem de efetuar um depósito mínimo, de um valor dedicido pela empresa/anunciante, que pode variar entre os R$10 e os R$100, por exemplo. Sempre que você consegue um jogador que cumpra esses dois passos (registro + depósito), você ganha automaticamente o CPA definido pela empresa/anunciante.

CPL (CUSTO POR LEAD VÁLIDA)

O CPL é muito idêntico ao CPA, mas com uma pequena diferença, a validação das leads. No CPL, você não é remunerado pela ação, mas sim pelo facto de a ação ser validada. Um bom exemplo de um programa deste género, é o programa de recrutamento de novos afiliados para plataformas como a Netlucro, UpRise40Netfilia, Netaffiliation ou a Public-Idées, por exemplo. Nestes casos, o afiliado não é remunerado pelos usuários que se inscrevem nas plataformas, mas sim pelos usuários que se inscrevem e são aceites pelas plataformas para começarem a correr as campanhas de afiliados. Esta é a grande diferença entre a ação e a lead válida.

No caso do CPL, muitos usuários têm tendência para reclamar com as empresas de afiliados, porque haviam realizado XXX leads, e a empresa apenas validou YYY leads. Mas a verdade é que a empresa está no seu direito de revogar todas e quaisquer leads que considerem não ter qualidade e/ou não cumprirem o pressuposto do programa de afiliados. Se tiver opção de escolha, opte sempre por um programa de CPA, em que independentemente da validação da lead, você cumpriu a ação e é remunerado por isso.

CPM (CUSTO POR MIL IMPRESSÕES)

O formato CPM é apenas utilizado em banners de publicidade, e é um valor pago pela empresa/anunciante por cada 1000 impressões que esse banner realiza na sua página. Para não o confundir facilmente, o número de impressões do banner pode ser facilmente calculado pelo número de pageviews do seu blog. Sempre que um usuário acessa o seu blog, ele gera 1 pageview e consequentemente 1 impressão do banner publicitário (partindo do princípio de que o banner se encontra visível em todas as páginas. Ex.: barra lateral). Isto significa que ao navegar pelo seu blog, os usuários estão imprimindo milhares de vezes o banner publicitário, e você é remunerado num valor fixo por cada 1000 impressões que o banner publicitário realiza, independentemente do número de cliques que ele recebe.

CPF (CUSTO POR FORMULÁRIO)

Tal como o próprio nome indica, o CPF é o Custo por Formulário, ou seja, a ação pretendida ao promover este tipo de programa de afiliados é a inscrição do usuário num determinado formulário. Por norma os valores pagos por CPF são fixos e os formulários poderão ser tanto simples, quanto complexos. Ao promover este tipo de programa, se você conseguir com que um usuário acesse a página de aterragem do programa e preencha o formulário disponível, você recebe imediatamente um valor por esse CPF, independentemente se o usuário depois se tornou cliente da empresa, comprou produtos dela ou não.

O objetivo neste tipo de campanhas é que os usuários se inscrevam no formulário presente na página e nada mais do que isso. Todas as outras atividades que o usuário realizar junto da empresa, já não serão contabilizadas nos seus ganhos. Os seus ganhos dependem única e exclusivamente do preenchimento do formulário.

CPV (CUSTO POR VENDA)

Os programas de afiliados em CPV têm como base as vendas. São normalmente programas de afiliados de lojas de e-commerce onde o objetivo do blogueiro é converter usuários para comprar produtos numa determinada loja online, independentemente do nicho. Por norma os programas de afiliados por CPV pagam um valor percentual (%) sobre as vendas realizadas, ou seja, ao enviar um usuário para a loja de e-commerce, se ele comprar XX produtos, o blogueiro recebe YY% de comissão sobre o valor da compra do usuário.

Ex.: Você inscreve-se num programa de afiliados por CPV, onde o valor pago é de 25% de comissão sobre as vendas. Se você enviar um usuário para um determinado anunciante, e ele realizar uma encomenda de R$500 reais, a sua comissão será de R$125 reais. No entanto, um cliente que compre R$1500 reais de produtos, já irá gerar uma comissão de R$375 reais.

A grande vantagem deste tipo de programas de afiliados é que tanto podem gerar comissões baixas, quanto podem gerar comissões extremamente altas. Isso irá depender de vários fatores, entre eles o interesse do usuário pelos produtos que a loja de e-commerce oferece.

Ebook Exercícios para blogueiros

INICIANTES VS. EXPERTS

As plataformas de afiliados são conhecidas por serem extremamente intransigentes com os chamados afiliados iniciantes. Um afiliado iniciante é por norma um blogueiro que tem um site ou blog relativamente novo, com pouco tráfego e com pouca experiência na área da monetização, que procura uma forma de se inscrever na plataforma para promover algumas campanhas e ganhar algum (pouco) dinheiro. No entanto, muitos destes chamados “afiliados iniciantes”, são por norma blogueiros com pouco conhecimento na área, que fazem demasiadas perguntas e ocupam demasiado tempo os operadores, sendo que na grande maioria das vezes acabam por não promover nenhuma campanha porque não fazem a mínima ideia de como puxar e colocar os códigos de afiliado nos seus sites e blogs.

Se você é um destes afiliados iniciantes, pondere informar-se e estudar um pouco mais sobre programas de afiliados antes de se inscrever numa plataforma de afiliados e começar a fazer perguntas aos operadores que apenas atestam a sua ignorância no assunto. Se você quer ser aceite numa plataforma de afiliados, é importante que você tenham o mínimo de conhecimento sobre o área e saiba concretamente que tipo de campanhas procura e quais as formas de promoção que irá utilizar para ganhar dinheiro.

DADOS E INFORMAÇÕES SOBRE O BLOG

Um dos aspectos que é normalmente tido em consideração na inscrição em plataformas de afiliados são os dados demográficos do seu site ou blog: número de visitantes únicos por dia, número de visitantes únicos por mês, número de pageviews únicas por mês, número de subscritores, número de subscritores na lista de emails, etc. Estes dados são por norma o primeiro factor que as empresas de afiliados têm em consideração para aceitar ou não-aceitar um determinado site ou blog na plataforma. Blogs muito recentes, com pouco tráfego e/ou um layout extremamente mal concebido, são por norma colocados de parte e não aceites na plataforma.

Se você tem um blog muito recente e com pouco volume de tráfego, tenha consciência de que mesmo que você seja aceite na plataforma, você não vai ganhar dinheiro. Concentre-se primeiro em perceber como aumentar o tráfego do seu blog e gerar mais pageviews, para que ao inscrever-se nas plataformas, o seu pedido seja aceite imediatamente e sem qualquer tipo de análise mais profunda. As plataformas de afiliados procuram por sites e blogs com bastante tráfego e/ou tráfego de grande qualidade, pelo que esse deverá ser o seu primeiro objetivo pré-inscrição.

Adulterar os dados demográficos na hora de se registrar nas plataformas de afiliação não deverá ser uma estratégia. As equipas de suporte a afiliados têm consciência se o seu blog tem volume ou não, e isso é relativamente simples de aferir usando ferramentas existentes na internet. Não adultere os seus valores, caso contrário, mesmo que você seja aceite, os seus resultados não irão espelhar a performance que você disse que tinha, e mais tarde ou mais cedo o seu blog será classificado com uma má nota.

LAYOUT CONTA MUITO

Blogs com um péssimo layout, cheio de propaganda, gifs animados, memes e outras coisas que tais, por norma, não automaticamente recusados nas plataformas de afiliados. O layout de um blog diz muito sobre o seu autor, pelo que é necessário que você tenha brio profissional, usando um layout bem construido, com um alto nível de usabilidade, com as propagandas nos locais certos, e acima de tudo com conteúdo de qualidade. Ao contrário do que a grande maioria dos blogueiros pensa, as plataformas de afiliados avaliam todos esses aspectos na hora de aprovar ou recusar um blog na plataforma, pelo que se o seu layout não tem qualidade e/ou demonstra que você é amador naquilo que faz, está na hora de você repensar esse aspecto.

EMAIL MARKETING É PRIORIDADE

As plataformas de afiliados procuram acima de sites e blogs com muito tráfego, blogs que tenham grandes listas de emails. Se você não trabalha com o email marketing em mente, é bom que o comece a fazer. O Email Marketing converte muito mais facilmente que os banners publicitários e/ou resenhas de produtos, e é precisamente por essa razão que as plataformas de afiliados procuram usuários com grandes listas de emails, double opt-in (com dupla confirmação) e segmentadas por público. Quanto maior qualidade tiver a sua lista de emails, maiores serão as suas chances de ser aprovado na plataforma e também de converter mais facilmente os programas de afiliados em dinheiro.

Já aqui falámos diversas vezes sobre a importância do Email Marketing, e essa deverá ser uma das suas prioridades: coletar emails de usuários através de formulários de captura. Quantos mais subscritores você tiver na sua lista de emails, mais facilmente você poderá fazer marketing de produtos de afiliados e gerar comissões em larga escala. Para o ajudar nessa tarefa, considere ler os seguintes artigos:

CONTATOS VIA LINKEDIN

Muitos blogueiros que se inscrevem nas plataformas de afiliados, demoram algumas semanas a serem aprovados. Isto acontece porque as plataformas de afiliados recebem milhares de novas inscrições todos os dias e não conseguem fazer um escoamento ao mesmo ritmo. Para contornar esse tipo de situação, o ideal é conversar com um dos operadores da empresa. Para os encontrar, a melhor forma é através da rede social LinkedIn. Se realizar uma pesquisa pelo nome da empresa/plataforma de afiliados, irá encontrar praticamente todos os profissionais que a compõem, e com isso poderá entrar em contato com um dos operadores e pedir uma análise mais rápida do seu blog, apontando as razões porque isso seria vantajoso para a empresa (ex.: o blog tem muito tráfego, o blog tem uma lista de emails grande, etc).

linkedin

Ao realizar uma pesquisa com o nome da plataforma de afiliados UpRise40, por exemplo, encontrámos imediatamente 3 profissionais que trabalham na empresa, sendo que o Pedro Barata é o CEO e Fundador da empresa e um dos membros da equipe que está sempre disponível para dar suporte aos afiliados. No entanto e caso não o conhecêssemos, esta teria sido uma das melhores formas de entrarmos em contato com ele e pedir uma análise mais detalhada do nosso site ou blog. Este exemplo aplica-se a todos as outras empresas, obviamente.

QUE PLATAFORMAS USAR?

Tendo em consideração que existem centenas de plataformas de afiliados, por norma, os blogueiros tendem a ter dificuldades em perceber quais as melhores empresas de afiliados com que trabalhar e/ou quais é que oferecem as melhores opções e campanhas para tráfego do Brasil e Portugal, por exemplo. A grande maioria dos blogueiros brasileiros tende a tomar como opção empresas com origem brasileira, mas a verdade é que essas estão longe de serem as melhores e/ou as empresas que oferecem as melhores campanhas e oportunidades de monetização. As empresas europeias têm uma oferta muito melhor, com valores de pagamento muito mais altos e com um suporte igualmente de maior qualidade. Eis 6 plataformas de afiliados que lhe recomendamos:

UPRISE40

uprise40

UpRise40 é uma empresa de afiliados e marketing de resultados com escritórios em Portugal, Brasil e Espanha, e embora tenha iniciado a sua atividade em Agosto de 2011, só abriu as suas portas oficialmente em Janeiro de 2012, com um site bastante atrativo e dezenas de campanhas disponíveis para blogueiros e webmasters de Portugal e do Brasil. Algumas das campanhas presentes na plataforma são exclusivas da UpRise40, o que significa que não as irá encontrar em mais lugar nenhum na internet. Com um foco nos afiliados, a UpRise40 distingue-se imediatamente pela qualidade do seu suporte e das suas ferramentas técnicas, oferecendo fiabilidade, confiança e credibilidade a todos os seus afiliados.

NETLUCRO

netlucro

Netlucro entrou no mercado em grande estilo durante 2010 e desde então não tem parado de surpreender tudo e todos com dezenas de novas campanhas todos os meses, pagamentos sempre a tempo e horas e por vezes antes da hora, um suporte sempre dinâmico e atencioso através de fórums de discussão, email ou telefone, e isso tem feito com que o nome e o seu sucesso sejam já uma realidade cada vez mais concreta.

NETFILIA

netfilia

Netfilia é uma plataforma de afiliados subsidiária da Antevenio, uma empresa de marketing online com 14 anos de experiência no mercado de afiliados e geração de leads, escritórios em Madrid e cotação na bolsa de valores de París. A Antevenio tem escritórios espalhos um pouco por toda a Europa, e uma equipe de profissionais que trabalham com rigor e profissionalismo para gerar os melhores resultados possíveis para os seus clientes.

NETAFFILIATION

netaffiliation

Criada em Janeiro de 2004, a Netaffiliation rapidamente se tornou numa plataforma incontornável no sector da afiliação francesa e internacional. A Netaffiliation chegou ao mercado de Portugal em 2007 e mais recentemente ao mercado do Brasil, oferecendo na actualidade mais de 100 diferentes campanhas em língua portuguesa.

O sistema de pagamentos automatizado veio conferir maior credibilidade e segurança àNetaffiliation, tornando-a numa plataforma mais sólida e descurando a necessidade de estar em contacto permanente com os gestores de conta para saber qual o seu nível de comissões, quando os pagamentos serão processados, entre outros assuntos.

PUBLIC-IDÉES

publicidees

Public Idées é uma plataforma de afiliados Francesa que chegou ao mercado de língua portuguesa em 2009. Embora o nível de oferta de campanhas para sites de língua portuguesa seja ainda diminuto, com apenas algumas dezenas de campanhas disponíveis, a Public Idées é uma referência no mercado Europeu de afiliação, oferecendo pagamentos extremamente seguros e fiáveis e um suporte de primeira qualidade.

O sistema de pagamentos via Paypal confere aos seus afiliados maior credibilidade e segurança, tornando a Public Idées numa plataforma de afiliados simples, prática e segura. O sistema de tracking e relatórios de campanhas é também ele bastante intuitivo, fácil de utilizar e com resultados rápidos e coerentes com o tráfego que os afiliados enviam para a plataforma.

Se ainda não é utilizador da Public Idées, aproveite a oportunidade para se registrar na plataforma e receber um bônus de 20 Euros na sua conta de afiliado imediatamente. Poderá posteriormente concorrer a todas as campanhas da plataforma e gerar uma renda extra em euros para o seu site ou blog.

CPA BRASIL

cpabrasil

CPA Brasil, é uma empresa Brasileira que está começando a dar os primeiros passos no mundo dos programas de afiliados, e que oferece atualmente campanhas para os nichos de mercado do emagrecimento, dieta, branqueamento dentário, pele e conteúdo adulto. Embora não seja uma plataforma de afiliados com centenas de campanhas, as campanhas que apresenta, têm um valor de CPA altíssimo, começando nos $20 dólares e indo até aos $25 dólares de comissão por cada conversão, um valor consideravelmente mais alto que a grande maioria dos afiliados existentes no mercado.

CONCLUSÃO

Para ser aceite em plataformas de afiliados como essas que indicámos em cima, é necessário que você tenha vários aspectos em consideração, nomeadamente o seu tráfego, a qualidade do seu layout, a sua base de dados de emails, entre outros fatores. Quanto maior qualidade e profissionalismo você passar no ato da sua inscrição, maiores serão as suas chances de ser aceite e começar a ganhar dinheiro monetizando o seu tráfego com afiliados. Se não reunir essas condições e/ou não se interessar por elas, é bem provável que você não seja aceite.

E você, o que costuma fazer para ser aceite em plataformas de afiliados? Deixe o seu comentário!

Até Já!

Artigos
Relacionados

Comentários (27) Interações no Twitter (49)

Gostou desse artigo?

Partilhar Comentar

Tweetar Artigo

  • Bruno Simomura

    Olá Paulo,

    Dicas muito válidas, ainda mais porque muitos blogueiros se perguntam: "Por que fui recusado na plataforma?", quando na verdade, temos também que levar em consideração que a afiliação também necessita garantir qualidade e retorno ao anunciante, e os padrões/estética/estatística costumam influenciar diretamente nesse ponto.

    Parabéns!

    22/02/2012

    Responder
  • Euler Esrael

    Olá Paulo Faustino, realmente este artigo ficou muito bom, assim como os outros, e deve ajudar certamente aquele tipo de blogueiro que está com dificuldade de ser aceitado em alguma plataforma de afiliados.

    Na minha opinião, ter um layout profissional e conteúdo de qualidade e revelante são coisas muito importantes na hora da aprovação do mesmo em algum programa de afiliados. Obviamente, existem aquelas plataformas de afiliados, como o Cursos 24 Horas, que não reprovam nenhum blog, ou seja, você se cadastra como afiliado e no mesmo instante já pode começar a divulgar os cursos sem a necessidade da aprovação da empresa.

    22/02/2012

    Responder
  • Arlindo Armando

    Olá Paulo, ótimo artigo! Saber todas essas informações antes de tentar se cadastrar nas plataformas de afiliados é sem dúvida uma ótima estratégia para ser aceito.

    Abraços, Arlindo Armando

    22/02/2012

    Responder
  • André Darugna

    Olá, fui reprovado no programa da Apple Store na Lomadee em minha primeira tentativa.
    Meu blog dá dicas sobre como utilizar melhor o iPad, o motivo da reprovação foi o uso da marca "iPad" no nome de meu domínio.

    Entrei em contato e solicitei que reconsiderassem pois meu blog é benéfico para a comunidade de usuários do iPad. Nunca obtive resposta por e-mail, então decidi publicar meu caso na página de Fãs no Facebook (da Lomadee), em pouco tempo consegui ser aprovado.

    O importante é negociar, algumas plataformas são mais fechadas, outras mais abertas... ao final todos temos uma mesma intenção que é de ganhar dinheiro, falando com as pessoas certas tudo se resolve.

    Gostaria de testar outras plataformas mas ainda não encontrei uma que oferecesse anúncios relevantes para meu público.

    Um abraço.

    22/02/2012

    Responder
  • Hugo Costa

    Olá Paulo,

    mais um belo artigo com um tema que vai ajudar muita gente. Neste caso para mim, pena não ter chegado há mais tempo. Eu acabei por ter de "aprender sozinho" que a melhor forma de conseguir ser aceite nos programas de afiliados é esperar que o blog tenha alguma coisa para mostrar.

    No entanto acabei, no início da minha jornada, por optar por plataformas que aceitavam blogs recentes e com poucas visitas.

    Hoje, graças ao trabalho desenvolvido, os meus blogs têm sido aceite nas diversas plataformas de forma mais natural.

    Abraços.

    22/02/2012

    Responder
  • Joana

    O artigo tem a qualidade a que já estamos acostumados: excelente! No entanto, eu gostaria de perguntar ao Paulo ou mesmo aos leitores aqui da Escola Dinheiro, se existe algum programa de afiliados mais direccionado para as artes e o design. O meu blog está relacionado com essa temática mas eu ainda não encontrei nenhuma plataforma de afiliados que ofereça anúncios relacionados com a mesma... (uso apenas o Adsense!)

    Abraço

    23/02/2012

    Responder
  • Edmilson

    Paulo Faustino;
    Venho agradecer os comentários e sugestões, que você publica Escola Dinheiro, tenho procurado acompanhar e a me desenvolver, através de suas sugestões e comentários, bem como de outros blogueiros mais experientes. Pois sou muito novo no ramo de Blogs, comecei um a pouco mais de umas duas semanas (http://escambomtbrasil.blogspot.com/), sem nunca ter visto um Blog, alias, somente lido sobre conteúdo de poucos.
    Antes de duas semanas se me disse html, (-eu diria: que é isso?), kkkkkkkkkkk
    O meu inicio foi duro demais e ainda está sendo, mais chego ao meu objetivo, quem pensa que ser blogueiro (se isso que se pode dizer), é fácil, garanto que não é não, para ser um blogueiro de responsabilidade e profissionalismo, tem que ralar muito e comer muitas letras do café da manhã ao jantar, senão fica devendo e se acaba pelo caminho.
    Então meu amigo só tenho, a lhe agradecer seus ensinamentos,
    Obrigado!!!!
    PS: Bem, Paulo quanto ao artigo acima, está ótimo, excelente, só alegria, mais me esclarece a minha pessoa que tenho que ralar muito ainda, kkkkkkkkk.

    23/02/2012

    Responder
  • Marcelo

    Vou testar cpa Brasil.

    23/02/2012

    Responder
  • NetoX

    Excelente post! De ótima qualidade como sempre. Parabéns!

    Não conheço este CPA Brasil. Você garante ser bom?

    23/02/2012

    Responder
  • Marcelino Azevedo de Jesus

    Obrigado mais uma vez Paulo, por este valiosíssimo conteúdo para nos blogueiros. Sempre tive dúvidas quanto a oque significam termos como cpa, cpc, CPL. Este será muito útil para abalizar minhas estratégias para programas de afiliados daqui para frente.

    23/02/2012

    Responder
  • Leandro

    Ótimo Texto, eu ainda tinha algumas dúvidas que foram esclarecidas agora. Parabéns

    23/02/2012

    Responder
  • Janio Sarmento

    "Você garante ser bom?" é o tipo de pergunta que não merece resposta, IMHO.

    Mas em se tratando de CPA Brasil, eu garanto pela empresa.

    23/02/2012

    Responder
  • Dr.Thomas

    Paulo Faustino,

    Qual é esse programa de afiliados que você está usando ao final dos seus posts?

    Obrigado

    24/02/2012

    Responder
  • Felipe

    Paula, que programa de afiliados vc sabe que paga por CPF, que pague apenas por cadastrar, sem efetuar vendas?
    Procurei em todos lugares e não achei, me cadastrei na netafiliation e já faz 2 meses que meu cadastro está na fila de aprovaçao.

    27/02/2012

    Responder
  • Maicon Patrique

    Olá Paulo , ótimo post.

    Tenho que testar outras plataformas de afiliados, por enquanto não obtive sucesso com o Curso24horas, mas vou testar durante alguns meses para ver o que acontece.

    Caso o site ou blog não consiga gerar conversões com determinado programa de afiliados, qual o tempo máximo que você indicaria para o site ou blog continuar a testar a plataforma de afiliado?

    Estou aguardando a sua resposta, desde já eu agradeço a sua atenção.

    01/03/2012

    Responder
  • Luiz Carlos

    Muito bom o artigo. Ando procurando programas de afiliados para meu site, vou colocar estes na minha lista de analise.

    Um grande abraço e sucesso!

    16/07/2012

    Responder
  • Elisangela Duarte

    Olá Paulo, ótimo artigo. Me esclareceu bastante em relação as minhas dúvidas sobre programas de afiliados, já que sou iniciante e estou engatinhado nesse mundo da blogosfera.

    Valeu, sucesso ao seu blog!!!

    09/04/2013

    Responder

Deixe seu comentário

Seu Gravatar

Para você partcipar dessa lista tem de estar cadastrado no Twitter. Cadastre-se agora!

Rede Escolas Plus

  • Psicologia

    Artigos sobre Psicologia, Motivação e muito mais, de uma forma prática e simples que lhe permitem melhorar a sua vida pessoal e profissional.

  • Criatividade

    Melhore a sua Criatividade através de tutoriais de desenvolvimento web, webdesign, dicas de inspiração, e muito mais.

  • WordPress

    Torne seu WordPress numa verdadeira máquina com nossos artigos, templates exclusivos, plugins e tutoriais totalmente em português.

  • Freelancer

    Arrisque em sua carreira de Freelancer seguindo nossas estratégias, dicas e recomendações, e leve seu negócio ao sucesso já hoje.

  • Apostas

    Gostava de ganhar dinheiro com seus palpites sobre esportes? Siga nossos tutoriais e dicas sobre como fazer apostas esportivas.

Subscribe to our mailing list

* indicates required Primeiro Nome * Endereço de Email *