Conversion Hero

Erros de Link Building a evitar no seu Blog, imediatamente!

Com as constantes atualizações ao seu algoritmo, a Google tem vindo a tornar a tarefa de blogueiros e webmasters cada vez mais complicada, sendo a cada dia que passa, cada vez mais importante compreender como funciona o SEO e a Otimização para Motores de Busca, por forma a evitar cometer erros que possam mandar seu site para o fundo das páginas de resultados orgânicos do Google. Em Fevereiro a Google lançou um update do Panda, em Março idem aspas e há sensivelmente 3 dias fez novamente um Update. Isto significa que pelo menos uma vez por mês, a Google está procurando introduzir diversas melhorias em seu sistema de busca, por forma a beneficiar quem tem conteúdos de qualidade, mas também penalizar aqueles que trabalham com foco intensivo em SEO, sem se preocuparem com o resto das questões elementares, como o conteúdo, a usabilidade e todos os aspectos relacionados com a criação de blogs de alta qualidade.

Ao longo das últimas semanas muitos usuários têm sofrido com quedas abruptas nos resultados de busca, enquanto outros beneficiam da subida nos resultados orgânicos, fruto da construção de blogs de alta qualidade e com elevados padrões de exigência/usabilidade. No entanto, o algoritmo do Google nem sempre é justo, e em alguns casos, é possível que você caia nos resultados orgânicos, sem que na verdade entenda bem porquê. Mesmo sites ou blogs em que você não mexia há alguns meses, podem de repente cair nos resultados de buscas, e isso deve-se a todos esses novos fatores de rankeamento e estratégias de otimização que você deverá colocar em prática. Logicamente, todas essas alterações fazem com que as estratégias de Link Building tenham de ser melhoradas, a fim de você adaptar-se às mudanças e realizar um trabalho sério, honesto, e acima de tudo isento de manipulações. O algoritmo está ficando cada vez mais aperfeiçoado, e caso você utilize algumas das estratégias abaixo indicadas, é possível que você se dê mal nas SERPs.

posicionamentos

MANIPULAÇÃO DO TEXTO ÂNCORA

Do que temos lido em sites como o SEOMoz e diversas outras comunidades de SEO espalhadas pelo mundo, incluindo as comunidades do Brasil, a relação entre o texto âncora e a descida nos resultados orgânicos é algo que está cada vez mais presente. O uso de texto âncora exato para linkar diretamente para a homepage ou determinados conteúdos do seu blog, pode afetar os seus rankeamentos, por não ser uma forma natural de linkagem. Quando você repete constantemente o mesmo texto âncora, a Google acabará por compreender que você está tentando manipular determinadas pesquisas, e acaba lançando seu site para o fundo dos resultados orgânicos. O aconselhável neste tipo de casos, é usar um misto de textos âncora. Ao invés de você usar constantemente o texto âncora exato, procure utilizar variações desse mesmo texto âncora, por forma a apresenta uma tendência natural de linkagem, não só para seus usuários, como também para os robots do Google. Imaginemos o seguinte cenário:

Seu texto âncora exato é “camisetas esportivas“, e você está constantemente ligando para a sua homepage com esse texto âncora exato. Ao navegar pelo seu site, o robot do Google vai perceber que não existem outras derivações desse texto âncora, logo, você está manipulando esse resultado. Seu site/blog vai cair nos resultados orgânicos da busca. Para resolver esse problema, você deverá usar um misto de diversos links e textos âncora, para mostrar uma tendência mais natural de linkagem, incluindo um espectro deste tipo:

  • camisetas esportivas (3 links)
  • camisetas de clubes (2 links)
  • camisetas do São Paulo (2 links)
  • www.camisetasesportivas.com (3 links)
  • clique aqui (3 links)
  • etc

Dessa forma, você está passando juice (sumo/autoridade) para a mesma página, mas com diversas alterações ao nível do texto âncora, não manipulando forçosamente nenhuma delas. Em 14 links, você usou um texto âncora exato apenas por 3 vezes, o que não se pode considerar uma manipulação abusiva. Os links do tipo “clique aqui” ou “clique para conferir”, por exemplo, são por norma colocados de parte por blogueiros e SEOs, mas fazem parte de todo esse processo de linkagem orgânica natural, e o Google consegue interpretar isso com seu algoritmo. Se você não os usar, suas linkagens aparentam ser manipuladas e/ou pouco naturais, tanto para seus usuários, quanto para os robots do Google.

Ebook Exercícios para blogueiros

NÃO USAR LINKAGEM NATURAL

Conforme referimos anteriormente, links do tipo “clique aqui”, “clique para conferir”, “leia mais”, etc., são considerados links orgânicos naturais, e fazem parte de praticamente tudo o que é sites e blogs. É uma forma natural de chamar o usuário para uma acção (clicar) para ler um determinado conteúdo. São portanto links importantes que você deverá usar em seus textos para linkar para outros conteúdos e páginas que você considera relevantes para seus usuários. Conforme falámos anteriormente, linkar para outras páginas presume naturalidade, pelo que você deverá usar esse tipo de links também.

Logicamente, você não quer rankear um determinado conteúdo para a palavra-chave “clique aqui”, no entanto, esses links deverão existir também. Eles são uma forma natural de linkagem, e não afetaram seu posicionamento para o texto âncora exato. Eles apenas irão passar a autoridade quando você os usa, mas logicamente, não será um tipo de link que você irá usar constantemente.

clique aqui

Se você realizar uma busca no Google pelo termo “clique aqui”, você vai perceber que o site da Adobe, mais concretamente a página de download do Acrobat Reader, o leitor de PDFs da empresa, está em primeiro lugar para esse texto âncora. Isso acontece precisamente porque essa página recebe inúmeros links naturais do tipo “clique aqui” ou “clique aqui para fazer o download”, estando mesmo na frente de outros sites com domínio exato, como esse cliqueaqui.com.br que aparece assinalado na terceira posição. Este tipo de links naturais são fundamentais para o seu site/blog, tenha isso em consideração.

NÃO LINKAR O NOME/MARCA

Conforme referido anteriormente também, linkar para a homepage do seu site/blog usando links do tipo www.escoladinheiro.com é importante, da mesma forma que é importante linkar com o texto âncora “Escola Dinheiro”, que é o nome/marca do site/blog em questão. A menção à marca é fundamental e é uma forma natural de linkagem, quando alguém se refere a um determinado sítio na internet. Por isso mesmo, é extremamente importante você receber links de outros blogs usando o nome da sua marca/blog, de uma forma natural, e não apenas links com determinadas palavras-chave para as quais você pretende rankear melhor. Links com www e links com o nome da marca também passam autoridade, e isso também é importante. Nem só do texto âncora vive a internet e os rankeamentos.

Conseguir links de outros blogs é provavelmente o processo mais complicado, uma vez que exige planejamento ao nível do link building. Existem várias formas de você fazer link building e conseguir links em outros blogs. Falámos de algumas no nosso artigo sobre como fazer link building no seu blog com apenas R$200. Uma das estratégias fundamentais é sem dúvida os Guest Posts, dos quais falámos também recentemente no artigo como ganhar dinheiro com Guest Posts.

COMPRA DE LINKS

A compra de links é algo que não é recomendável de se fazer há muitos anos, e agora com essas constantes atualizações do Panda, pior ainda. Ao comprar links e tentando manipular determinadas palavras-chave, você está simplesmente colocando minas no seu terreno. Um dia, você vai colocar tantas minas, que não saberá onde elas estão, e o mais provável é que acabe por pisar uma delas. É precisamente isso que acontece a quem compra links para tentar subir nos resultados orgânicos das buscas, tentando manipular determinados textos âncora. Se você pretende melhorar o SEO do seu site/blog, considere escrever Guest Posts para outros blogs e obter links relevantes e naturais para ele. Em último recurso e caso você tenha essa possibilidade, pondere comprar sites/blogs, que não estejam a ser usados ou trabalhados da melhor forma possível pelos seus autores. Isso vai-lhe permitir trabalhar melhor esses sites/blogs, e logicamente melhorar os seus posicionamentos através de links orgânicos naturais para o seu site/blog original.

Uma das melhores formas de evitar a compra de links, é criar mais do que um projeto na mesma área, por forma a criar duas bases sólidas, que lhe permitam depois linkar de um para o outro, de forma natural, por meio de artigos interessantes e relevantes. Se você não tem capacidade de criar um projeto de raiz, pondere comprar um site/blog que não esteja sendo usado e/ou que não esteja sendo atualizado há muito tempo. Faça um contato com o seu autor, no sentido de perceber se ele está interessado em vender o projeto, para que você o possa explorar e tirar dividendos disso.

NÃO USAR AS MÍDIAS SOCIAIS

Quando escrevemos o artigo com as razões porque a partir de agora você precisa usar o Google+, falámos de diversos aspectos relacionados com os sinais sociais e principalmente com o peso que as mídias sociais começam a ter em hoje em dia no rankeamento de páginas e conteúdos na internet. Logicamente, um conteúdo seu que tenha dezenas de Tweets e Likes no Facebook, por exemplo, tem maior tendência para ficar bem posicionado do que um conteúdo que não teve qualquer impacto nas mídias sociais. Isso acontece porque o Google pretende começar a atribuir cada vez mais valor para as mídias sociais, uma vez que elas não são tão facilmente manipuláveis quanto os links, por exemplo.  É portanto primordial você fazer uso das mídias sociais, mesmo nos seus sites e blogs de nicho, para conseguir tirar o máximo partido desses sinais e alavancar seus conteúdos mais rapidamente e de uma forma natural.

Veja algumas das estratégias que você poderá usar:

  • Utilize plugins como o Sharebar ou o Scrolling Social Sharebar para ter uma barra flutuante nos seus artigos, que permita aos seus usuários compartilharem esses conteúdos mais facilmente nas mídias sociais;
  • Coloque uma caixa de fãs do Facebook na barra lateral do seu blog, e um botão do Twitter também. Você pode entrar as ferramentas do Facebook aqui e os botões oficiais do Twitter aqui;
  • Peça aos seus usuários para compartilharem seus conteúdos nas mídias sociais, usando uma chamada para a acção no final dos seus artigos;
  • Crie conteúdos de grande qualidade, que sejam uma referência na sua área, e que portanto, sejam alvos de partilhas naturais por meio das mídias sociais (Veja a página do nosso Ebook como criar um blog – oferecer algo sempre funciona bem);
  • Relacione-se com outros sites e blogs da sua área, e dê uns tweets e likes nos conteúdos deles, para que eles façam o mesmo com os seus conteúdos;

Existem inúmeras formas de você conseguir melhorar seus artigos pelas mídias sociais. Os concursos são também uma possibilidade, sendo que existem sempre regras a ter em consideração, que você deverá consultar no Twitter, Facebook e Google+, para evitar realizar concursos que vão contra os Termos e condições dos serviços. Seja criativo!

TROCAS DE LINKS

As trocas de links são cada vez mais uma das piores estratégias que possam existir para melhorar o SEO de uma página. Na verdade, qualquer um dos motores de busca é contra troca de links, pelo que você deverá evitar ao máximo esse tipo de estratégia. Linkar de um site para o outro e vice-versa, não ajuda nada, nem ninguém. Então se isso for feito numa escala muito grande, pior ainda. O Google tem vindo a penalizar tudo o que são esquemas de links trocados, redes de links e semelhantes, pelo que você deverá evitar isso ao máximo. Se você gosta dos conteúdos de um determinado site/blog, tudo bem, coloque um link para ele na barra lateral do seu blog. No entanto, não faça trocas. Trabalhe com paixão e dedicação, para que outros sites linkem para você também de uma forma natural e orgânica.

Ao criar conteúdos de qualidade, que ajudam os seus usuários, você acabará mais tarde ou mais cedo, por conseguir links relevantes para o seu site. Trocas de links nunca foi uma estratégia bem vista pelos buscadores, e agora com as atualizações constantes do Panda, pior ainda. Evite ao máximo entrar nesses esquemas e ser penalizado de forma desnecessária em seus conteúdos.

LINKS DE RODAPÉ

Links em rodapés ou links escondidos por meio de CSS com outras cores, são por norma táticas que fazem com que uma penalização aconteça. Os links de rodapé na verdade são algo muito 2002, conforme falou o Rand Fishkin no seu último vídeo. O rodapé de um site/blog deve ser usado de forma inteligente e para linkar para páginas e informações que na verdade o usuário está realmente procurando. Encher o rodapé de links ou esconder esses links irá provavelmente afetar o seu site e fazê-lo cair nos resultados orgânicos da busca.

Evite ao máximo concentrar seus links no rodapé do seu site. Crie uma secção de parceiros na barra lateral do seu blog ou então um Blogroll, e coloque lá apenas os links de sites que você realmente gosta e os quais você gostaria que seus usuários visitassem. Tudo o resto é dispensável, incluindo links com texto âncora exato só com o intuito de manipular os resultados da busca do Google.

E VOCÊ, ESTÁ SENTINDO OS EFEITOS DO PANDA?

Esta última atualização do Google Panda e Pinguim está a causar bastante polémica na internet. Seus sites estão subindo ou descendo o tráfego orgânico? Como é que você está sentido essa situação em seus projetos? Deixe o seu comentário e participe do debate!

Até Já!

Artigos
Relacionados

Rede Escolas Plus

  • Psicologia

    Artigos sobre Psicologia, Motivação e muito mais, de uma forma prática e simples que lhe permitem melhorar a sua vida pessoal e profissional.

  • Criatividade

    Melhore a sua Criatividade através de tutoriais de desenvolvimento web, webdesign, dicas de inspiração, e muito mais.

  • WordPress

    Torne seu WordPress numa verdadeira máquina com nossos artigos, templates exclusivos, plugins e tutoriais totalmente em português.

  • Freelancer

    Arrisque em sua carreira de Freelancer seguindo nossas estratégias, dicas e recomendações, e leve seu negócio ao sucesso já hoje.

  • Apostas

    Gostava de ganhar dinheiro com seus palpites sobre esportes? Siga nossos tutoriais e dicas sobre como fazer apostas esportivas.