Conversion Hero

Se você fracassa com um novo blog, tente outra alternativa!

No mundo “internetecnológico”, estamos acostumados com o vaivém de tendências. A cada dia surge um novo sucesso enquanto que a cada hora surgem dez novos fracassos. Embora não consigamos notar grande parte das coisas que ocorrem à nossa volta, a verdade é que tudo vem com grande força e se desfaz sutilmente.

Em todo o globo, de cada 100 empresas que são abertas, apenas 20 permanecem vivas e em boas condições. É fácil ouvir por ai que muitos negócios iniciados não sobrevivem ao primeiro ano de vida. Além disso, está cada vez mais raro ouvir alguém falando que obteve sucesso nos negócios. O que encontramos atualmente são, na maioria das vezes, pessoas desacreditadas e confiam apenas na proposta de “segurança financeira” oferecida pelo governo.

Embora nesse artigo como um todo tento passar um novo caminho a seguir, pelo menos em nosso meio, é impossível não ficar triste quando pensamos que muitas pessoas estão fadadas a viver uma vida que não escolheram, ganhando um salário que mal serve para pagar as contas e tendo que suportar uma jornada de trabalho nada justa, se comparado com alguém que trabalha no conforto de casa. Essas pessoas decidem sobreviver ao invés de viver, simplesmente por medo do incerto. E isso, por si só, é uma atitude de insucesso.

fracasso

Por que 80% dos novos negócios fracassam?

Um negócio é sempre um risco, porém um novo negócio é ainda mais arriscado. Você pode destrinchar os números, criar projeções maravilhosas, realizar estudos de viabilidade impressionantes, contar com todas as mais incríveis ferramentas do mundo e ainda assim pode falhar. Esse não é um problema, mas sim a natureza do mercado. É possível tomar algumas medidas para prever se você terá sucesso, mas isso não anula a incerteza e os riscos existentes em qualquer novo negócio.

Trazendo para o nosso mundo, você pode analisar um nicho de mercado por inteiro e notar que é extremamente fácil e lucrativo, mas na hora de aplicar tudo o que sabe poderá se deparar com obstáculos que o impeçam de ter sucesso. Como no mundo empresarial, iniciar um novo blog requer muita análise e envolve riscos. Mesmo que as chances de perder dinheiro sejam remotas, você corre o risco de perder algo mais precioso, o seu tempo.

Veja alguns motivos pelos quais 80% dos blogueiros e webmasters fracassam ao tentar lucrar com seus blogs:

  • Eles sonham em ganhar uma fortuna rapidamente e descobrem que no inicio ganharão apenas alguns centavos. Então, desistem.
  • Eles sonham em ficar em primeiro lugar no Google e receber milhões de visitas por dia e descobrem que isso não acontece. Então, desistem.
  • Eles planejam criar centenas de artigos para o blog ao longo do ano e percebem que escrever é muito complicado. Então, desistem.
  • Eles pensam em concorrer com outros sites, mas quando lêem o conteúdo de seus futuros concorrentes notam “ilusoriamente” que o conteúdo do concorrente é melhor do que o que eles poderiam escrever. Então, desistem.
  • Eles pensam que ficarão motivados eternamente e não levam em consideração a natureza humana, que consiste em entender e aceitar que todos temos altos e baixos. Eles pensam que se desanimaram por algum instante é porque aquilo não é para eles, sendo que é natural desanimar. Então, desistem.
  • Enquanto pessoas de sucesso “tentam, erram e aprendem”, “tentam, erram e aprendem”, “tentam, erram e aprendem”, eles “tentam, erram, desanimam e desistem.”

Um caminho para ficar entre os 20%

É por causa dos 80% que fracassam que existem alternativas para ficar entre os 20%. Se a maioria fracassa ao criar um negócio do zero, o que dizer de negócios em andamento e gerando bons lucros? Parece uma boa alternativa? Pois existem dezenas de empresas especializadas em comercializar outras empresas. Elas fazem muito sucesso tanto entre os novos empreendedores quanto entre os mais experientes. Em todo o mundo, esse é um mercado que movimenta alguns bilhões de dólares por ano.

A mesma coisa se aplica a websites. Qualquer pessoa que queira ganhar dinheiro na internet tem duas opções: começar do zero ou comprar um site ou blog já estabelecido com um bom histórico.

Muitas vezes existe a desconfiança de que, se um site ou blog fosse realmente rentável, o dono não estaria vendendo. A questão é simples e pode ser resumida em uma só frase: se não vender meu negócio próspero, posso falir com ele. É claro que isso é apenas mais uma frase forte que não leva em conta as diversas razões por traz de uma venda, mas pode exemplificar o pensamento de alguém que vende um site ou blog rentável. Para algumas pessoas, o melhor é vender um negócio próspero para investir em outro.

Alguns dos principais motivos que levam à venda de um negócio online são:

  • O proprietário quer fazer um investimento fora do meio online
  • O proprietário quer fazer um investimento em outro projeto online
  • O proprietário precisa de capital para saldar uma grande dívida
  • O proprietário precisa de dinheiro para pagar o serviço de um advogado

Motivos existem muitos. Não é porque um blog gera lucro que não pode ser vendido.

Vantagens e desvantagens de comprar um site ou blog

Iniciando pela parte ruim, a grande desvantagem ao comprar um site ou blog já estabelecido é o alto preço de entrada. Uma vez que ele já existe, rende alguns trocados mensalmente, possui leitores fiéis e vários artigos publicados, o preço é calculado sobre cada um desses itens. Dentre outras coisas, é levado em consideração o trabalho que o dono teve para levantar o blog e coloca-lo na posição atual e também quais são as expectativas de rendimento para os próximos meses/anos. Normalmente quanto mais velho e rentável um site é, maior é seu valor de venda.

Em contrapartida, ao adquirir um site que já esteja rendendo é possível investir seus esforços para aumentar os lucros. Como os vínculos com o antigo dono são desfeitos, todo e qualquer trabalho sobre o conteúdo do site fica sob sua responsabilidade. Quanto mais e melhor você trabalhar, maior será o seu retorno.

É possível comprar um site barato e rentável em longo prazo?

A resposta é sim. Imagine que Pedro criou um blog, que atualmente conta com 80 artigos e um rendimento de 20 dólares mensais com programas de afiliados, e deseja vende-lo por 600 reais. Ele não se dedicou inteiramente ao blog e quer apenas recuperar o tempo investido na criação dos artigos. Então, ao analisar essa situação, você nota que pagará 600 reais por um blog pronto e com rendimentos cujos artigos custarão para você apenas R$7,50 cada. O que você faz é adquirir o site contanto que Pedro lhe passe todos os macetes relativos a esse nicho, ou seja, duplique seu conhecimento. Dessa forma você saberá o que está funcionando melhor para aquele blog em termos de conversão.

Onde comprar um bom site ou blog

comprarExistem dezenas de sites especializados em venda de projetos online. Entre os mais conhecidos está o forum mais tráfego que possúi inúmeras ofertas para ambos os países, Brasil e Portugal. Este é famoso pela seriedade com que os usuários fazem as negociações e pela quantidade de oportunidades disponíveis. Além dele, você pode encontrar diversos outros, porém para ofertas em outros idiomas. Vejamos:

Infelizmente existem pouquíssimos sites brasileiros que fazem esse trabalho de maneira transparente. O grande problema é que o comercio de websites em geral envolve muita ilusão. Muitos dos serviços conhecidos criam imagens dizendo que um site foi vendido por 30, 40, 50 mil reais enquanto que não vale sequer mil. Eles fazem isso para ganhar anunciantes, não para atender ao mercado. Fique atento.

Conclusão

Como as chances de fracassar são grandes em um novo negócio, comprar um website já estabelecido pode poupar o sofrimento inicial de ter o site indexado, receber as primeiras visitas, ganhar os primeiros seguidores, etc. Com certeza, vale a pena entrar em sites especializados e fazer ofertas de compra em nichos de seu interesse e também observar as ofertas disponíveis nos diversos mercados. Vale também visitar esses sites para ter idéia de quais nichos você pode atuar.

Da próxima vez que você pensar em criar um novo blog ou site, considere pesquisar se já existe alguém fazendo uma oferta compatível com seu nicho.

Abraço!

Artigos
Relacionados

Comentários (29) Interações no Twitter (39)

Gostou desse artigo?

Partilhar Comentar

Tweetar Artigo

  • Marco Frasson

    Boas dicas! Pelo que percebi, os 80% que fracassam, basicamente são por desistirem ou não terem um bom planejamento.

    Acho que uma dica boa para não desistir, é planejar bem antes e ter mais que 1 ou 2 opções, assim pode-se testar várias ferramentas em diversos blogs, ou sempre estar disposto com 1 blog ao invés do outro, e no futuro vice-versa, etc.. Acho que a arte de se auto-reciclar a adrenalina de novos projetos é um dos pontos fortes para o sucesso.

    02/01/2013

    Responder
  • josé neto

    Eu já criei vários outros sites e todos eles fracassaram em questão de meses, mas tudo isso porque estava analisando apenas os resultados financeiros que eles poderiam me render, esquecendo assim da minha capacidade de leva-los a frente.
    Desistir é uma opção que passa várias vezes na nossa mente, porém se eu não tivesse me arriscado e esforçado ainda mais, não estaria tendo os resultados que tenho hoje.

    Suas dicas foram ótimas.
    Parabéns

    02/01/2013

    Responder
  • Lucre Bem - Site de classificados grátis e Blog de dicas de renda extra

    Reformulei o meu site de cima a baixo. A reformulação foi parcialmente baseada no site escoladinheiro. Bem que tentei deixar bem parecido, mas não estou utilizando Wordpress, então complicou, rsrsrs.

    O site ficou parado durante um bom tempo, investia muito tempo em outros sites que não traziam nada. Desisti de todos, hoje só mexo com 2 sites, sendo que 90% do tempo vai para o Lucre Bem. Depois que criei o Blog no site, notei que meus ganhos aumentaram, não foi por que simplesmente criei um blog, foi pq ja possuia todo um SEO elaborado (Backlinks dofollow de alto Page Rank, SERP, etc), os ganhos que antes eram entre 10 e 40 cents, subiram para uma média de 60 à 90 cents por clique, o que deve dar de R$1,20 à R$1,80 o clique, entretando, meu desafio no momento está sendo em aumentar o número de visitas, que atualmente varia entre 95 e 124, e consequentemente, aumentar os ganhos com adsense, pois os anúncios são estrategicamente posicionados, pegar parte do dinheiro e investir em SEM.

    Antes de começar, fiz todo um planejando para saber o que realmente queria com o site. Já até me disseram que a área de classificados não daria em nada se eu não fizesse algumas alterações nos filtros. A maioria das pessoas quer apenas anunciar seus produtos ou serviços de forma simples, elas não ficam tão preocupadas em definir a cor, o tamanho, a idade, e material do produto que querem vender. Querem apenas poder colocar a descrição, preço e fotos.

    Outra coisa que me disseram é que o mais importante num site é o conteúdo e que o resto não se deve levar a sério. Não acho, tudo num site é importante, como acessibilidade, web design, tamanho, posicionamento de conteúdo, posicionamento de banners, SEO, tudo. Conteúdo é muito bom, mas você não deve apenas agradar ao Google, vc deve agradar aos seus visitantes também. Se você possui um Blog, por exemplo, seu visitante vai desistir do artigo em que está, caso o artigo não tenha nenhum tipo de formatação, pois ficará difícil de lê-lo, também desistirá caso haja dois metros de propaganda acima do artigo. Se o artigo for bem formatado, e o layout do blog for feio, você correrá o risco de perder um leitor fiel, pois o local onde ele está não o agrada, ele vai apenas sugar o conteúdo e ir embora. Não confunda feio com simples, há vários blogs com layout simples, porém, bonito. Façamos uma comparação:
    O que você preferiria? Uma loja de roupas que possui os melhores produtos, mas não oferece nenhum tipo de conforto ao cliente, ou uma loja de roupas que possui os melhores produtos, e possui poltronas para que os maridos possam sentar e esperar até que suas esposas estejam com as compras prontas? E o melhor, se houvesse ar condicionado, um ambiente agradável com uma pintura bem elaborada, boa decoração, além de alguém que servisse suco, balas, talvez até um serviço de manicure, não seria mais atrativo?

    Esse é um dos motivos que fazem um site ir à falência, o pensamento centrado numa única coisa. Não é assim, um site é um negócio como qualquer outro, você não deve pensar que conteúdo é o mais importante e largar o restante pra lá. SEO é importante, SEM é importante, Design é importante, Outras funções no site também podem vir ser importantes (Exemplo: Uma área onde os usuários possam conversar entre si, como um fórum ou uma rede social), dentre outros.

    No caso do Lucre Bem, as coisas vão se ajeitando aos poucos. Até hoje desanimo às vezes, mas as coisas já foram piores, além do mais, fiquei muito tempo com esse site parado, não posso nem reclamar, rsrs.
    Dou graças a Deus pelo o que tenho e sigo em frente.

    02/01/2013

    Responder
  • Adriano Carvalho

    Além da análise que fez sobre falta de planejamento e a ansiedade por resultados rápidos, acrescentaria mais um ponto de vista: paixão pelo trabalho.
    Seja qual for o trabalho ou o empreendimento, se não houver paixão se tornará um fardo. E, mesmo que seja rentável, ao longo do tempo será razão de frustração.
    Escrever não é fácil, imagina escrever sobre algo que não traz paixão e é feito apenas pelo dinheiro... Este sujeito também estará apenas sobrevivendo.
    Todo projeto é feito de 10% de inspiração e 90% de transpiração, se faltar um dos dois, o fracasso é certo.
    Abraço e excelente 2013!

    02/01/2013

    Responder
  • Rafael Silva

    Nada sem dedicação dura muito tempo. É importante todo blogueiro ter atitudes e fazer o que pode para melhorar seu blog. Excelente artigo do Escola Dinheiro. Abraço a todos!

    02/01/2013

    Responder
  • mestre dos sites

    Pode parecer piegas/brega e tal, mas se voce nao tiver paixao pelo que esta fazendo e criar um site/blog so por que öuviu falar que da dinheiro"dificlmente chegara a lugar algum.E o pior é que muita gente se ilude,achando que se ganha sem fazer nada, isso nao existe, e por mais que se fale as pessoas parecem nao entender.

    02/01/2013

    Responder
  • Pedro Vitor

    Já passei muita raiva com blogs que não rendiam. Essa raiva era de mim mesmo. Acho que não há segredo. É apenas uma lógica. Se você não fizer aquilo que gosta, dentro das circunstâncias, você provavelmente fracassará. Fazer aquilo que gosta lhe dá determinação e tira forças de onde não existe para continuar com o blog no ar.
    Bom artigo.
    Abraços!

    02/01/2013

    Responder
  • Kha Rodrigues

    Oi Anderson,

    Ao ler o seu texto percebi que é necessário dedicação e persistência, eu criei um blog recentemente cuja proposta inicial, e ainda continua sendo, compartilhar informações e expor meu ponto de vista sobre determinados assuntos, além de treinar minha escrita. Eu não sabia muitas coisas sobre blog, até começar o meu, como sou muito curiosa e aliado ao desejo de conquistar leitores comecei a pesquisar sobre o assunto e encontrei seus artigos e gostei. Parabéns, eles são fantásticos e tem me ajudado bastante.

    Eu nunca imaginei que pessoas usassem blogs para ganhar dinheiro, e especialmente que vendessem blogs e site prontos. Ao ler seus artigos percebo hoje que ele são um negócio, que exigem dedicação e planejamento. Isso me inspirou a criar um projeto para eu blog, além de me comprometer mais com ele.

    Obrigada, e feliz 2013!

    02/01/2013

    Responder
  • Arlindo Armando

    Anderson, mais um artigo espetacular! Você descreveu algo em seu artigo que me fez parar, refletir e enxergar que é algo normal. Eu já pensava em desistir, agora não mais. Estou com um empreendimento online, então, enquanto estava fazendo os primeiros preparativos para iniciar o mesmo me bateu um desânimo, e já logo pensei em desistir. Mas como você mesmo disse, é algo natural, isso significa que somos humanos. Não quero nem pensar em desistir agora haha

    Comprar um blog é uma excelente opção para iniciar um negócio próprio. Para quem tem um emprego comum, pode passar alguns meses juntando um dinheiro para fazer uma aquisição de um blog. As opções são muitas.

    Além dessas pessoas que precisam vender um blog, tem aquelas que trabalham somente com isso. Criam um projeto, fazem ele render alguns trocados e vendem.

    Abraços, Arlindo Armando

    02/01/2013

    Responder
  • Anderson Ganhar Dinheiro

    Ótimo artigo, muito bem escrito, leitura agradável. Agora, falando do conteúdo, na minha opinião o fracasso ou desistência por parte dos novatos se dá devido ao fato de eles acreditarem que um blog ou site dê um retorno a curto prazo, quando na verdade sabemos que trata-se de um investimento com retorno à longo prazo e em casos específisos a médio prazo. Claro que quem já é um expert em SEO e já possui experiência com blogs e criação de conteúdos bem como marketing online, de fato pode conseguir um retorno a curto prazo, mas para quem é leigo no assunto, é praticamente impossível. Quem tá engatinhando deve antes de tudo investir em conhecimento. É preciso aprender com os erros dos outros, você não terá tempo para cometer todos os erros e se assim o fizer, é provavel que caia na lista dos 80% que desistem sem ao menos saber de onde veio a bala que os atingiu.

    03/01/2013

    Responder
  • Fabiano Roberto

    No seu tutorial tem a frase:

    Eles sonham em ganhar uma fortuna rapidamente e descobrem que no inicio ganharão apenas alguns centavos.


    só pra demostrar isso veja meus ganhos do adsense:

    Junho 2006 - US$1,13
    Julho 2006 - US$0,74

    mas felizmente não fiz o que 80% faz e continuo com meus blogs até hoje.... e claro com ganhos bem melhores rsrs

    abraços e feliz ano novo a todos.

    03/01/2013

    Responder
  • Internet Marketing

    Concordo plenamente na regra 80/20, infelizmente é isso que acontece! Mas a persistência nos torna vencedores... Quem continua vence! Quem desisti se limita a vencer! Ótimo artigo!



    Donato Barros

    03/01/2013

    Responder
  • Marcelino AJ

    Realmente, no início é 100% trabalho e ganho ZERO. Mas para aqueles que continuam, apesar das dificuldades, vem a vitória. Mas o sucesso só vem quando se tem uma visão realista do que é possível alcançar e com um planejamento sério e cuidadoso.

    03/01/2013

    Responder
  • Desenvolvimento Software

    realmente, no inicio é muito difícil e nós acabamos desistindo, eu mesmo já desisti de vários projetos, que no papel são muito bons, mas que no final não traz o retorno esperado e isso acaba desanimando.

    04/01/2013

    Responder
  • Jorge Santiago

    todos nós temos altos e baixo e você Anderson o que te motivou a continuar a blogar, compartilhe conosco ?

    04/01/2013

    Responder
    • Oi Jorge, quando eu criei o www.programa-de-afiliados.net não sabia nada sobre blogs e achava que aqueles que estavam em primeiro no Google ganhavam rios de dinheiro. Minha motivação era na verdade o sonho de estar em primeiro lugar no Google. Quando percebi que a concorrência era muito grande, desanimei e quase parei. Em seguida, descobri que existia um tal de SEO. Comecei a estudar e me animei de novo. Quando vi que não conseguia colocar meu site nem na primeira página, desanimei.

      Nessa época, aquela empolgação de iniciante estava quase passando porque eu tava aprendendo que o negócio tinha que ser sério. Então resolvi melhorar um pouco meus artigos e criar um novo layout para o blog. Comecei a comentar em blogs e a fazer amigos blogueiros online. Isso me ajudou a evoluir.

      Quando percebi que ganhar dinheiro com blogs, naquela época, não era fácil decidi assumir um compromisso comigo mesmo. Disse que continuaria pagando minha hospedagem "eternamente", pois era muito barato (cerca de 20 reais por mês). Assim, garantiria que meu blog nunca ficaria offline. Também me comprometi a ser sincero comigo mesmo. Se eu tivesse desanimado, não blogaria, mas não deixaria de pagar minha hospedagem. Quando eu ficasse animado de volta, meu blog estaria lá para eu continuar.

      Tive altos e baixos, mas nos altos eu fiz de tudo para otimizar minhas poucas visitas. Até hoje ainda tenho disso, mas estou melhor justamente pela chance de escrever aqui. Isso é o que me motiva mais.

      Acho que o legal de blogar é que não precisa deixar o blog morrer. Na verdade, se o blog estiver disponível na internet, ele nunca morre. Então, a questão é sempre persistir e nunca desistir. Tem muito espaço na internet pra todo mundo. :D

      Abraço!

      04/01/2013 Anderson Chipak

      Responder
  • Rafael Oliveira

    O Mestre dos Sites citou uma coisa muito importante em seu comentário: se você não tem amor pelo que escreve e acima de tudo em ser um blogueiro/webmaster, cedo ou tarde acabará desistindo.

    Além de persistência e dedicação, tem que se gostar do que faz e investir tempo e dinheiro para alcançar resultados.

    04/01/2013

    Responder
    • Rafael, concordo plenamente contigo e com o Almy. Sem gostar do que faz, tudo fica mais difícil. Pode-se até manter um bom trabalho, mas o leitor não sentirá a paixão nas palavras do autor.

      04/01/2013 Anderson Chipak

      Responder
  • Felipe Nascimento

    Seus artigos são muito bons, desde aquele último sobre a hotmart tenho vindo aqui sempre ver se tem novos posts seus.

    A ideia de criar um blog é comum para todos, o problema é manter, escrever todo dia. Aliás, os itens que você citou para o fracasso, até eu me identifiquei. Tenho 3 blogs, mas o Google me derrubou violentamente e acabei deixando de lado dois e criei o Brasil Dinheiro, que é o que mais dou atenção, por falar de um assunto que sempre quis comentar que é ganhar dinheiro na internet, mas infelizmente apostei em segmentos que não me deram resultados (tecnologia e livros) e resolvi deixar em standby por enquanto.

    05/01/2013

    Responder
  • Miguel

    A motivação é, quanto a mim, a principal qualidade que um blogueiro deve ter para se manter nos 20%! Mas para haver motivação é também preciso ser realista!

    Se um blogueiro tiver como motivação "ganhar dinheiro rápido" e depois verificar que nos primeiros meses não ganhou nada de substancial, então provavelmente irá desistir! É preciso realismo nos objetivos!

    No entanto, acredito que com esforço e dedicação qualquer site ou blog poderá ter algum rendimento ao fim de um ano. Os mais experientes conseguirão encurtar esse tempo obviamente. Já tive projectos que se demonstraram muito lucrativos após 3 meses e outros que ao fim de um ano não valiam o tempo dispendido. :)

    Boa sorte a todos!

    05/01/2013

    Responder
  • Luan Carlo

    Mais uma vez, parabéns pelo conteúdo Anderson!
    Em relação aos fracassos e sucessos de blogs, é exatamente a persistência que faz a diferença. Como você falou esta porcentagem de 80 / 20 é valida não só para blog mas também para grandes e pequenas empresas. Então, se não levarmos nosso trabalho a sério, não tem como ter sucesso, pois existem muitos concorrentes que estarão dando o sangue para alcançar seus objetivos. Grande abraço e muito sucesso em 2013!

    07/01/2013

    Responder
  • Paulo Fernandes

    No meu ponto de vista a falta de planejamento e dedicação realmente emperram a continuação de muitos blogs.
    Mas diferente de empresas, que são criadas com o intuito de gerar lucro ou renda para seus donos, a maioria dos blogs que existem na internet, surgiram sem nenhuma pretensão de gerar alguma receita São mais como hobbies dos donos.
    Porém, muitas pessoas perdem a euforia inicial e deixam o blog parado.
    Também existe o grupo de pessoas que são seduzidas pela promessa de dinheiro fácil que muitos sites e "cursos" apresentam na internet. E depois que caem na real, desistem do seu blog, e deixam de acreditar que podem criar algum negócio na internet.

    07/01/2013

    Responder
  • John Silva

    Os 80% são aqueles que simplesmente desistiram nos primeiros meses, nas primeiras dificuldades, nos primeiros obstáculos.

    SImplesmente perderam tempo e dinheiro.

    A persistência faz parte de todo vencedor.

    Nenhuma guerra foi vencida no primeiro tiro.

    Anderson, parabéns pelo excelente artigo!

    Abraços!

    09/01/2013

    Responder
  • Fique Rico

    Concordo totalmente com o Artigo muitas pessoas quando aparece a primeira dificuldade desistem nada é facíl na vida não existe uma forma facíl de ganhar dinheiro você só consegue ganhar bastante dinheiro com muita luta e estudo

    19/01/2013

    Responder
  • Moisés Santos

    Paulo esse artigo é uma verdadeira lição!

    Eu sempre trabalhei bastante desde a infância para ajudar nas despesas da casa. Cresci e continuei trabalhando, casei e constituir uma família. Porem trabalhava 8 horas por dia e ganhava um pouco mais do salário, porem eu não estava conformado com isso.

    De tanto pesquisar na internet acabei descobrindo que era possível ganhar dinheiro com blog ou através dele. Dei início a essa jornada há quase dois anos atrás. Hoje faz um ano e um mês que trabalho seriamente com um blog, focado em ensinar as pessoas tudo quanto aprendi.

    Quer dizer, hoje eu ganho bem mais e trabalho menos, e o melhor de tudo é que tenho liberdade de parar a hora que quiser sem ter ninguém para me dar ordens. Quem deseja ter sucesso tem que ter determinação e correr atrás. Sucesso a todos!

    02/02/2013

    Responder
  • Ricardo Rojas Sierban

    Quem nunca teve os seus altos e baixos?Não é fácil quando temos despesas a saldar e aos poucos o tempo vai diminuindo em virtude de outros trabalhos, isto leva, muitas vezes o blogueiro a desistir.
    Eu mesmo já desisti e estou retornando mas com um objetivo fixo, vencer.

    Abs.

    24/02/2013

    Responder
  • Ricardo Rojas Sierban

    A questão sobre qual nicho específico deve-se trabalhar é importante e deveria a primeira coisa a já estar bem clara na cabeça de quem inicia, o fato é que a maioria lê artigos, como este por exemplo, e criam perspectivas muitas vezes irreais acabando por diversas vezes iniciando em um nicho de mercado que não é o ideal para ele(a).

    Eu por exemplo sou novo no ramo e propus-me a ganhar dinheiro com programas afiliados, começando pelos gratuitos e depois comecei a divulgar trabalhos que cobram apenas a compra de um pacote (com informações de qualidade) e sem mensalidades e sendo eu de uma época em que a oferta de trabalho na internet era quase que 100% de empresas de Marketing Multinível onde temos que comprar uma quantidade de produtos ou pagar uma taxa mensal para garantir a continuidade do negócio, acabo tendo um imenso prazer em trabalhar com estas empresas.

    Mas quando digo trabalhar não é entrar em um negócio, colocar um Banner no Blog e ir ver televisão aguardando os resultados, eu fico de 12 a 14 horas por dia divulgando os meus trabalhos e os resultados são ainda quase imperceptíveis, mas tenho a certeza que o sucesso virá.

    Tenham disciplina, sigam as regras corretas, muitas delas ensinadas aqui no blog, e sem dúvida nenhuma o sucesso virá, porque todos temos direito a ele,

    Parabéns pelo trabalho e desculpe se estendo-me muito nos comentários, mas pode ter certeza que é porque o artigo causou-me impacto, um grande abraço.

    09/03/2013

    Responder

Deixe seu comentário

Seu Gravatar

Para você partcipar dessa lista tem de estar cadastrado no Twitter. Cadastre-se agora!

Rede Escolas Plus

  • Psicologia

    Artigos sobre Psicologia, Motivação e muito mais, de uma forma prática e simples que lhe permitem melhorar a sua vida pessoal e profissional.

  • Criatividade

    Melhore a sua Criatividade através de tutoriais de desenvolvimento web, webdesign, dicas de inspiração, e muito mais.

  • WordPress

    Torne seu WordPress numa verdadeira máquina com nossos artigos, templates exclusivos, plugins e tutoriais totalmente em português.

  • Freelancer

    Arrisque em sua carreira de Freelancer seguindo nossas estratégias, dicas e recomendações, e leve seu negócio ao sucesso já hoje.

  • Apostas

    Gostava de ganhar dinheiro com seus palpites sobre esportes? Siga nossos tutoriais e dicas sobre como fazer apostas esportivas.

Subscribe to our mailing list

* indicates required Primeiro Nome * Endereço de Email *