WiNNER

10 Erros (e soluções) que você comete ao promover programas de afiliados!

Quando se fala em promover programas de afiliados o que não faltam são estratégias e métodos para o fazer. No entanto, ao longo dos últimos meses tenho prestado especial atenção aos erros que a grande maioria dos blogueiros e publishers cometem quando tentam de uma forma desesperada, promover os seus programas de afiliados e conseguir que alguém do seu círculo de amigos ou conhecidos se registre e gere uma comissão. Embora estes erros não sejam naturalmente aplicáveis a todos os leitores da Escola Dinheiro, certamente serão aplicáveis à grande maioria, tendo em consideração que diariamente vejo este tipo de situações acontecendo.

Não se esqueça que para você ser um afiliado de TOPO, você trabalhar de uma forma profissional e do mesmo jeito que os afiliados de TOPO fazem. Cometer erros de principiante é perfeitamente normal. No entanto, é necessário trabalhar no sentido de retificar esses erros e começar a adotar as melhores estratégias para promover programas de afiliados. Foque-se em tentar aprender como os grandes afiliados fazem para promover os seus programas de afiliados, e evite “queimar” a sua imagem adotando as estratégias erradas porque um dia você irá arrepender-se de ter feito tantas asneiras.

1. SPAM EM FANPAGES DO FACEBOOK

spam facebookSinceramente não sei qual é o tipo de estratégia que a grande maioria dos blogueiros usa para estes casos, mas eu simplesmente dou um Ban na pessoa que deixa um comentário de spam que tem como objetivo promover seu link de afiliado. Este é um dos erros que mais vejo acontecer com regularidade no Facebook, e se os donos das Fanpages adotarem o mesmo critério que eu, então esses afiliados acabarão por ficar banidos da grande maioria das Fanpages relacionadas à sua área de negócio.

Ao invés de deixar um comentário de spam numa Fanpage do Facebook, já pensou que poderia estar utilizando o seu tempo de uma forma mais inteligente e benéfica para o seu negócio? Crie um site/blog, produza conteúdo em torno do seu negócio e construa as suas próprias bases, a sua própria Fanpage e monte o seu negócio em torno daquilo que você realmente gosta de fazer. Aproveitar-se do trabalho dos outros para fazer spam e tentar ganhar algumas comissões é estúpido e está prejudicando o seu negócio de uma forma que você simplesmente não enxerga.

Solução: Construa seu site/blog em torno dos vários produtos que você promove, sejam eles quais forem. Não interessa qual a área de negócio envolvida, mas sim a forma como você estabelece o seu negócio e o trabalha. Desista de se aproveitar do trabalho dos outros para promover os seus links de afiliado. Você acabará banido de todas as Fanpages do Facebook e continuará a não conseguir gerar comissões para o negócio. Faça o inverso: crie o seu próprio site/blog, a sua própria Fanpage e monte o seu negócio em torno dessa estrutura.

2. SPAM EM COMENTÁRIOS DE BLOGS

Tal como acontece nas Fanpages do Facebook, algo que é recorrente também, é o spam em comentários de blogs. O mais incrível é que a grande maioria dos blogueiros e publishers que começam a trabalhar com programas de afiliados, acham que essa é a forma correta de promover um link de afiliado, e nunca se aperceberam que os seus comentários são marcados como Spam pelos autores dos blogs, e à medida que vários blogueiros marcam esses comentários como Spam, o seu perfil fica automaticamente marcado pelo sistema (WordPress ou Blogspot) como Spam, e daí para a frente, todos os seus comentários entram automaticamente no funil de Spam do sistema, não sendo sequer publicados de jeito nenhum.

Mais uma vez, tentar tirar partido do trabalho de outras pessoas para promover os seus links de afiliado não é de todo a melhor estratégia para o seu negócio e a melhor forma de gerar comissões de afiliado. Procure construir o seu próprio blog/site e você irá perceber que é muito mais difícil fazer um trabalho bem feito e tentar chamar à atenção de um público específico do que você alguma vez imaginou. Aproveitar-se de uma caixa de comentários para promover seus links é um erro crasso de iniciante que você não deverá continuar cometendo.

Solução: Se deseja chamar à atenção num comentário de um post num determinado blog, experimente deixar um comentário bem bacana, com informação relevante ao conteúdo e ajudando outros leitores desse blog a complementarem seu estudo. Quanto mais informativo e relacionado ao conteúdo for o seu comentário, maiores serão as suas chances de atrair a atenção dos leitores, que acabarão por visitar seu site/blog ou mesmo seu link de afiliado que você poderá usar em vez do seu site.

3. SPAM POR EMAIL

spam emailEmbora o Spam por Email seja uma prática bem comum nos dias de hoje, é necessário que você perceba um conjunto de coisas antes de fazer asneira. Comprar listas de emails NÃO funciona. Evite gastar o seu dinheiro a comprar listas com milhões de endereços porque você jamais terá um retorno bom com isso, e acabará por gastar mais dinheiro do que as comissões que você irá gerar. Segundo, evite também utilizar mensagens padrão quando você se comunica com uma lista de Emails, seja ela sua, ou esteja você comprando um SoloAd numa lista de um outro blog. As mensagens pessoais, com linguagem própria, funcionam muito melhor do que aquele tipo de mensagens padrão que mais parecem ter sido escritas por um robot.

Em termos de resultados, aquilo que melhor funciona é sem dúvida você construir a sua própria lista de emails, e trabalhe usando as melhores estratégias de email marketing possíveis, nomeadamente criando uma relação pessoal com os seus subscritores, enviando conteúdos regulares gratuito, usar um misto de conteúdo gratuito + conteúdo promocional, entre outras coisas. Quanto mais fiel você for no relacionamento com a sua lista, e quanto menos spam você enviar, melhores serão os seus resultados ao nível da conversão.

Solução: Opte por iniciar a construção da sua lista de emails por meio de uma empresa confiável, como a Emailchute, por exemplo. Um serviço de email marketing profissional é algo que você consegue pagar com um único disparo de emails. Invista num serviço profissional e competente, que lhe ofereça garantias de que a sua mensagem é realmente enviada para o destinatário.

4. NÃO USAR NOFOLLOW NOS LINKS

Se você tem um site/blog e não usa NoFollow em seus links de afiliado, você está cometendo um erro grave, mais grave ainda se você acha que é um profissional recheado de conhecimentos sobre SEO. Um link de afiliado é sempre um link sobre o qual não existe interesse em você passar link juice, o que significa na prática que você não tem interesse em passar autoridade do seu site para esse link, porque ele na verdade não tem relacionado direto ou simplesmente envia o usuário para uma splash page com o objetivo de ele comprar um produto. Portanto, links de afiliado sempre devem usar NoFollow para que o robot do Google perceba que esse link não é importante, muito menos autoritário.

Se você não usar NoFollow em seus links, você está passando credibilidade e autoridade do seu site/blog para todos esses links de produtos que você promove, incluindo não só os text links, como os banners HTML que você cola no seu layout. Todos eles devem usar NoFollow, sempre.

Solução: Coloque o atributo rel=”nofollow” em seus links de afiliado sempre que possível. Ex.: <a href=”http://www.escoladinheiro.com/afiliadoxpto” target=”_blank” rel=”nofollow”>Afiliado XPTO</a>

5. ENVIAR MENSAGENS DIRETAS PARA PESSOAS

Quer seja através de mensagens no Facebook, no Google+ ou através de um outro sistema qualquer (MSN, Skype, Gtalk, etc), enviar pedidos aos seus contatos para que eles se inscrevam num produto qualquer através do seu link de afiliado, é uma das formas mais ridículas de você promover os programas dos quais é afiliado. Ninguém jamais irá comprar ou subscrever um produto sem que pelo menos o compreenda corretamente ou o consiga entender. Enviar mensagens pessoais já é errado o suficiente, então enviar mensagens somente com seu link de afiliado, pior ainda. Pelo menos dê-se ao trabalho de construir uma página com qualidade para explicar o produto, as vantagens desse produto, e uma série de outras informações que possam esclarecer mais rapidamente qualquer pessoa a respeito do produto que você está promovendo.

Evite fazer spam na caixa de mensagens dos seus amigos ou conhecidos, porque quando você olhar ao seu redor, você já não será amigo de ninguém porque todos eles te excluíram precisamente por você fazer spam desse jeito. Não peça aos seus contatos para curtir uma página, para se registrarem num link ou seja lá o que for. Construa você o seu próprio negócio e faça com que os seus contatos sintam desejo de conhecer o seu trabalho. Esse sim, é o jeito certo de trabalhar.

Solução: Enviar mensagens pessoais para os seus contatos não é uma forma de gerar comissões de afiliado. É uma forma de fazer spam. Opte primeiro por construir o seu próprio negócio em torno dos produtos que você promove, crie páginas de aterragem para cada um dos produtos, com explicações concisas e detalhadas a respeito do produto, e depois atraia tráfego para a sua campanha de uma forma legítima e sem recorrer a técnicas de Spam.

Ebook Exercícios para blogueiros

6. CRIAR UMA FANPAGE DO PRODUTO

facebook fanpageEmbora possa fazer sentido criar uma Fanpage para promover um determinado produto sobre o qual você recebe uma comissão por venda, eu acho errado. Penso que não faz muito sentido você criar uma Fanpage em torno de um único produto, caso contrário você irá criar dezenas de Fanpages por semana. Se o seu objetivo é gerar comissões de afiliado para o produto que promove, acho que faz mais sentido você criar um site/blog em torno de vários produtos similares e não apenas de um único. Monte uma página ao redor desse nicho de mercado, com foco na produção de conteúdo direta e indiretamente relacionado aos produtos e ao nicho em questão, e construa uma comunidade de usuários que curtem e compram regularmente produtos dentro desse segmento de negócio. Logicamente, criar uma Fanpage para um site/blog que fala sobre diversos tipos de produtos num nicho, faz todo o sentido.

Solução: A solução que mais sentido faz é você criar um site/blog dentro do nicho de mercado onde você trabalha, e recomendar não apenas um produto, mas vários produtos similares. Envolver uma comunidade em torno de um tipo de negócio faz mais sentido, é mais sustentável a longo prazo, e permite-lhe engajar mais rapidamente com o seu tipo de público alvo, por meio de uma Fanpage no Facebook.

7. ESCOLHER O DOMÍNIO ERRADO

Domínios exatos nem sempre são a melhor solução para o seu negócio. É importante que você trabalhe no sentido de criar um negócio sustentável a longo prazo, e não um Flop que dura pouco mais de 6 meses. Evite ao máximo comprar domínios extensos, do tipo “comoganhardinheironainternetapartirdecasa.com.br” porque na verdade ninguém vai decorar um domínio desses. Procure criar um domínio que seja brandable e tenha uma imagem de marca forte, mas acima de tudo que lhe permita escalar o seu negócio para outros fins, como a criação e infoprodutos, Ebooks, e outras coisas que você achar legítimas para alavancar mais rapidamente o seu negócio.

O que se vê muito nos dias de hoje são domínios exatos que passam a imagem errada para o público alvo. Se você quer ter sucesso com o seu negócio, foque-se na criação de um domínio que acima de tudo seja relembrado com facilidade e que possa englobar uma série de vários produtos, e não apenas um. Porque se você começou hoje a promover programas de afiliados e ainda só trabalha com uma empresa, amanhã você irá trabalhar com várias e seu domínio não se encaixa nessa necessidade.

Solução: Domínios exatos nem sempre é a melhor solução para o seu negócio. Procure por algo mais generalista e que foque em diversos produtos do que em algo diretamente relacionado a um produto apenas. Nem sempre domínios com keywords exatas são a melhor solução também, especialmente quando o seu objetivo é escalar o negócio para outros fins, como a criação de cursos digitais, infoprodutos, etc. Tenha tudo isso em atenção quando compra seus domínios com o objetivo de promover programas de afiliados.

8. PROMOVER OS PRODUTOS ERRADOS

produto erradoAinda que você possa ter resultados bons e significativos com os produtos que você está promovendo, eles podem estar longe de serem as melhores opções do mercado. Faça um estudo e perceba que tipos de produtos seus concorrentes estão promovendo, e perceba se aquilo em que você está focado, realmente dá o resultado certo. Neste tipo de negócio inclui-se logicamente as empresas de marketing multinível, empresas que pagam para ler emails e produtos similares, que nem sempre são a melhor escolha quando o objetivo é criar um negócio sustentável a longo prazo, baseado numa comunidade de usuários que agrega valor e gosta realmente do produto em si, não pelo dinheiro que ele pode gerar, mas pelos benefícios diretos do próprio produto.

Existem imensas áreas de negócio e nichos de mercado que valem a pena trabalhar, porque agregam muito valor ao conteúdo que você escreve, baseado nos interesses do público alvo. Escolha bem os produtos que promove, e analise bem a performance dos programas com que trabalha. Muitos afiliados pagam comissões muito baixas para os publishers, e embora possam gerar uma boa renda, certamente existirão produtos mais fáceis de alavancar e que a longo prazo podem gerar comissões bem maiores.

Solução: Faça uma análise profunda aos programas que está utilizando, às comissões que está recebendo, e principalmente, ao nível de conversão que você está conseguindo com esses programas. Faça testes com outros programas de afiliados, especialmente aqueles que pagam comissões maiores. Embora por vezes possam ser mais difíceis de converter, a longo prazo acabarão por gerar um maior retorno.

9. ESPERAR PELO MILAGRE DO SEO

Se você trabalha com um site/blog onde o objetivo é promover programas de afiliados e gerar comissões por meio do tráfego que recebe, enquanto esperar pelo milagre do SEO pode ser uma verdadeira perda de tempo. Especialmente se você trabalha com nichos de mercado muito concorrenciais e onde a competição é feroz de tal forma, que você simplesmente não consegue receber tráfego suficiente para gerar uma renda extra com seu negócio. A melhor solução nestes casos, é você adotar outro tipo de estratégias, conforme expliquei em minha palestra sobre geração de leads on-site e off-site, em que você pode simplesmente comprar mídia e alavancar o seu negócio mais rapidamente por meio de campanhas PPC no Facebook + AdWords, mas também comprar posts patrocinados, banners publicitários, pop-ups, pop-unders, e muitas outras formas de levar tráfego massivo para o seu site, e depois então converter esse tráfego em dinheiro por meio dos programas de afiliados.

Logicamente, você terá de ter o seu site estruturado para que a conversão seja realmente muito boa, caso contrário os seus investimentos em anúncios podem relevar-se um prejuízo no final do mês. Portanto, estruture muito bem o seu site, foque-o na conversão e faça muitos testes antes de iniciar a compra de tráfego para o seu negócio.

Solução: A compra de tráfego é umas melhores formas de você contornar os constantes updates do Google e não fica dependendo do tráfego orgânico para gerar comissões em programas de afiliados. Monte bem a sua estratégia, faça um planejamento a curto prazo, e acima de tudo, analise muito bem a performance e conversão do seu site, para os programas que você está usando. Quanto mais otimizado e focado na conversão ele estiver, maiores serão as suas chances de fazer o break-heaven em poucos dias.

10. USAR APENAS BANNERS PUBLICITÁRIOS

anúnciosPromover programas de afiliados somente colocando banners publicitários em seu blog é errado. Muito errado na verdade. Os banners são o veículo que menos converte, o que significa que todos os restantes métodos tendem a gerar melhores resultados do que midia display colocada em seu site/blog. Isto acontece porque um usuário engaja mais facilmente com uma resenha de um produto, do que com um banner publicitário anunciando algo que ele nunca viu ou testou. Posto isto, é fundamental que você comece a trabalhar com outros veículos de comunicação, como as resenhas de produtos com text links e botões para compra, landing pages otimizadas para a conversão de produtos, campanhas de email marketing para listas segmentadas por interesses, entre outras coisas que você poderá fazer para disparar as suas conversões imediatamente.

Solução: Faça testes com diversos formatos e avalie a performance individual de cada um deles. Nem sempre o formato que você utiliza é aquele que gera o maior retorno. Além disso, é importante que você teste diferentes formatos de anúncios, text-links, botões, campanhas de email marketing e outras formas de aliciar os seus usuários a comprarem um determinado produto. Se quiser aprender mais sobre isto, leia este artigo, este artigo e também este artigo.

Abraços,
Paulo Faustino

Artigos
Relacionados

Comentários (22) Interações no Twitter (26)

Gostou desse artigo?

Partilhar Comentar

Tweetar Artigo

  • Mestre dos sites

    Acho que o que mais vejo as pessoas cometendo e que eu particularmente tambem cometia, é usar apenas banners e esperar as vendas "caírem do céu"

    10/06/2013

    Responder
    • É verdade Almy :) Não tem como gerar vendas esperando que elas caiam do céu mesmo :)

      10/06/2013 Paulo Faustino

      Responder
  • Caio

    Olá Paulo,

    Realmente muito bacana estes pontos a serem observados, inclusive eu mesmo não tenho usado corretamente alguns destes pontos porém a partir de agora farei questão de rever e corrigi-los.

    Abraço

    10/06/2013

    Responder
    • Obrigado Caio! Espero que tenha sido útil ao seu negócio!

      10/06/2013 Paulo Faustino

      Responder
  • Sergio

    Paulo Faustino,

    Mea culpa. Realmente entrar em contato via mensagem direta no Facebook é meio intromissivo.

    Desculpe-me por aquele dia.

    Abraços,

    10/06/2013

    Responder
    • Sérgio, fossem todos meus problemas você companheiro :) Tranquilo!

      10/06/2013 Paulo Faustino

      Responder
  • Mauricio Oliveira

    Parabéns Paulo Pelo Artigo!

    Sem duvida, são erros que quem trabalha com afiliados, não podem cometer.

    Sucesso!

    10/06/2013

    Responder
  • Jota Fagner

    Paulo, você tocou num ponto interessante: eu venho reparando, já há algum tempo, que os post patrocinados no Twitter vêm rendendo alguns trocados, mas os banners no blog não resultam em nada. Agora você me confirma o fato.
    Obrigado pelas informações.

    10/06/2013

    Responder
  • Jônatas Leite

    Muito Bom Artigo Paulo,

    Trabalhar com programa de afiliados exige muita sabedoria e estratégia, caso contrário, é complicado conseguir algo.

    Abraço e Sucesso

    10/06/2013

    Responder
  • Renan Pinto

    Muito bom artigo! Os tópicos são verídicos e muitas pessoas ainda cometem esses erros. Eu, assim como a grande maioria dos internautas, odeio Spam!

    Uma "estratégia" que algumas pessoas estão usando também é colocar links de afiliados, principalmente os que trabalham com sistema de multinível, em sites de perguntas e respostas como o Yahoo answers, Ask e outros sites conhecidos. Acho impressionante o desespero dessas pessoas em conseguir uma conversão e não levar em consideração a reputação que trazem ao produto e o pior, a si mesmo!

    Abraços

    10/06/2013

    Responder
  • elvis

    Realmente trabalhar com programas de afiliados não é tão simples igual muitos imaginam, é mais do que colocar um simples banner na sidebar de um blog, é preciso saber converter nossos visitantes em clientes, usar estratégias corretas para fazer com que a conversão seja constante.

    Parabens pelo belo artigo!

    Abraço elvis

    10/06/2013

    Responder
  • Fabio Santos

    Nossa, voce é mesmo um mestre na monetizaçao Paulo.
    Adoro seu blog e já li um ebook seu!
    Adorei mesmo esse post e vou colocar em pratica as suas dicas

    10/06/2013

    Responder
  • Osmar Santos

    Olá Paulo,
    Me dá uma ira enorme quando faço o login no painel administrativo do meu blog e vejo no lugar do comentário pessoas promovendo alguma coisa...Promover programas de afiliados requer esforço e trabalho profissional, caso contrário os resultados não aparecem.

    Obrigado pelas dicas e abraços.

    11/06/2013

    Responder
  • Sani

    Artigo extremamente util e construtivo, Paulo. Uma ideia que ja tinha adotado de um outro post que voce fez foi a de fazer resenhas. Realmente a conversao acontece mais rapido e com maior frequencia!

    Abracos,
    Sani

    11/06/2013

    Responder
  • Bruno Cunha

    Olá Paulo!

    Já conhecia o conceito do rel=”nofollow” mas nunca havia me tocado sobre a utilização dele com links patrocinados. Muito obrigado pelo alerta!

    E parabéns por mais um ótimo artigo.

    []s

    11/06/2013

    Responder
  • Pedro

    paulo, acerca do ponto 9 eu sugeriria um post sobre fontes de tráfego pago. seria interessante saber onde promover os nossos produtos para além do facebook e adwords. sabe-se que os 'super affiliates' na generalidade é com tráfego pago que trabalham, por isso seria interessante conhecer algumas fontes alternativas às já citadas, principalmente orientadas para brasil ou portugal. fica a sugestão, um abraço

    11/06/2013

    Responder
  • Marcos Ribas

    Realmente são dicas muito Uteis para aqueles que querem promover seu negócio de uma forma profissional aproveite e acesse meu site com dicas quentes trazidas diretamente dos EUA.

    11/06/2013

    Responder
  • John Silva

    Oi Paulo!

    O erro mais frequente que tenho observado é o SPAM em tudo quanto é lugar. Chega a ser irritantemente impossível alguém não ter sofrido SPAM, seja no blog, seja por e-mail, seja no Facebook ou outra rede social.

    Espero que muitos leiam o artigo e aprendam a distinguir o certo do incorreto.

    Grato por suas dicas!

    Abraços!

    11/06/2013

    Responder
  • Rodrigo M

    Olá Paulo,

    O que mais gostei aqui foi a questão da proatividade. Não ficar esperando pela vontade de terceiros. Enquanto estamos aqui esperando o SEO funcionar, o Larry Page (Presidente do Google) está com aquele sorriso de orelha a orelha, ganhando dinheiro aos montes. Para rir tem que fazer rir, então vamos fazer o jogo deles.

    Recomendaria alguma outra fonte de tráfego pago alternativo, fora Google ou Facebook?

    Forte abraço!

    12/06/2013

    Responder
  • Edson

    Parabéns Paulo Pelo Artigo!

    Sem duvida, são erros que quem trabalha com afiliados, não podem cometer.

    Sucesso!

    16/06/2013

    Responder
  • Pathy Santos

    Já cometi muito erros,e depois aprendi que tem ainda muita coisa,que depois pude observar que as pessoas cometem ainda.
    Aos leigos,como eu fui no inicio,eu também achava que comprar emails e enviar para os contatos,sobre a minha proposta,me fez perder até o Email pessoal por causa de spam,mas eu não entendia o que era Email marketing,imagina eu achava que estava fazendo certo.
    E ainda disparava os emails do Carteiro.
    E depois algum tempo no facebook,colocando ou seja compartilhando as minhas propagandas,eu descobri os grupos,e começei a compartilhar nos grupos,e não mais na minha página.
    Mais ainda tem aquelas pessoas que aproveitam um video no Youtube para deixar seus Comentários,acho que deveriamos a lingua dos iniciantes,pois existem muitas que não entendem que Email-Matketing é spam,e que aqueles emails que algumas empresas mandam,não é spam.
    Muitas pessoas não sabem a diferença,entre um anúncio gratuito na internet,em promover URL em buscadores,é muito complexo..qual a sua Dica ,para iniciantes?

    12/07/2013

    Responder

Deixe seu comentário

Seu Gravatar

Para você partcipar dessa lista tem de estar cadastrado no Twitter. Cadastre-se agora!

Rede Escolas Plus

  • Psicologia

    Artigos sobre Psicologia, Motivação e muito mais, de uma forma prática e simples que lhe permitem melhorar a sua vida pessoal e profissional.

  • Criatividade

    Melhore a sua Criatividade através de tutoriais de desenvolvimento web, webdesign, dicas de inspiração, e muito mais.

  • WordPress

    Torne seu WordPress numa verdadeira máquina com nossos artigos, templates exclusivos, plugins e tutoriais totalmente em português.

  • Freelancer

    Arrisque em sua carreira de Freelancer seguindo nossas estratégias, dicas e recomendações, e leve seu negócio ao sucesso já hoje.

  • Apostas

    Gostava de ganhar dinheiro com seus palpites sobre esportes? Siga nossos tutoriais e dicas sobre como fazer apostas esportivas.

Subscribe to our mailing list

* indicates required Primeiro Nome * Endereço de Email *